Angola: Porto de águas profundas do Caio deverá estar operacional em 2020

Marítimo Sem comentários em Angola: Porto de águas profundas do Caio deverá estar operacional em 2020 256

O presidente da Caio Porto, empresa que está à frente do projecto de construção do porto de águas profundas do Caio, adiantou que o mesmo deverá estar operacional já em 2020.

Em declarações à Angop, Jack Helton referiu que as obras estão neste momento numa primeira fase, a qual consiste na dragagem da zona costeira onde o porto virá a ser construído.

Primeiro porto de águas profundas em Angola

Este porto, que será o primeiro de águas profundas de Angola quando finalizado, contará então com um terminal com 630 metros de comprimento, ligado à costa através de uma ponte com dois quilómetros de extensão.

Terá também um ancoradouro com 1.130 metros de comprimento, para a atracação de quatro navios em simultâneo, 16 metros de profundidade e quatro pórticos com capacidade para movimentar cerca de 60 contentores por hora.

No total, ocupará uma área superior a 2.500 hectares, contando com espaço para construção de instalações aduaneiras, oficinas com serviços de apoio ao porto e reparação de navios, armazéns e estabelecimentos comerciais.

Investimento maioritariamente chinês

Em termos de financiamento, o projecto conta com 180 milhões de dólares do Fundo Soberano de Angola, ao qual se junta o Banco de Exportações e Importações da China que concedeu um empréstimo de 600 milhões de dólares, estando os trabalhos de construção a ser desenvolvidos pela empresa China Road and Bridge Corporation (CRBD).

Related Articles

Leave a comment

Back to Top

Powered by MAEIL
error: Este conteúdo está protegido!