Porto de Sines

80 milhões de transacções digitais: Porto de Sines assinala onze anos de JUP II

Marítimo Comentários fechados em 80 milhões de transacções digitais: Porto de Sines assinala onze anos de JUP II 337
Tempo de Leitura: 2 minutos

Fez ontem, precisamente, onze anos que o Porto de Sines embarcou numa longa e proveitosa jornada rumo à digitalização do transporte e da Logística – no dia 9 de Julho, a JUP II – Janela Única Portuária entrava em produção no porto alentejano com a escala do navio ‘WEC Velazquez’.

Onze anos de JUP: mais de 80 milhões de transacções digitais em Sines

Dia do Porto de SinesOnze anos e mais de 80 milhões de transacções digitais depois, Sines «continua a apostar no estado-da-arte dos sistemas de informação», vincou a administração portuária, em comunicado que assinala o marco temporal, e ao qual acedemos. Os primeiros anos da década de 2000 marcaram uma viragem no Porto de Sines; começava a preparar-se aquele que «viria a ser um porto moderno e simplificado, oferecendo os mais elevados padrões de eficiência operacional assentes num conceito paperless». No fundo, a fundação na qual veio a assentar o desenvolvimento digital da actualidade.

 A JUP II entrou em produção no dia 9 de Julho de 2009, integrando, na altura, cerca de 300 utilizadores e registando, nesse ano, aproximadamente 70.000 transacções. «Onze anos volvidos, os números falam por si; cerca de 2000 utilizadores integrados e 80 milhões de transacções digitais referentes a mais de 22.000 escalas. Sines continua a crescer, não só nas ligações ao foreland mas também com o hinterland, e hoje, a JUP II conecta o porto com 54 plataformas multimodais, suportando um tráfego de mais de 2.000 navios e 6.000 comboios por ano», frisa a APS.

Da JUP para a JUL: Sines na «linha da frente do desenvolvimento tecnológico»

Onze anos de desenvolvimento em prol da eficiência operacional, da comunicação entre players e de fomento da articulação de informação rumo a um processo logístico cada vez mais suave e sem atritos, desaguam, agora, na entrada em produção do novo produto, fruto do progresso digital: a Janela Única Logística (JUL), o upgrade que faltava e que entrará em produção no próximo mês de Setembro no porto alentejano. Com a JUL, Sines «dará mais um passo determinante rumo à crescente digitalização e agilização da cadeia logística, com a integração dos modos de transporte terrestre – rodoviário e ferroviário, possibilitando o trace e tracking da carga até ao destino final, elevando assim os padrões de eficiência, fiabilidade e transparência do serviço prestado», considera a administração portuária.

«De olhos postos num futuro onde digitalização e inovação são variáveis essenciais para uma oferta mais competitiva, o Porto de Sines continuará a posicionar-se na linha da frente do desenvolvimento tecnológico, apto a dar resposta às crescentes exigências do shipping internacional e dos importadores e exportadores do seu hinterland», rematou a APS.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com