navios porto

Programa de Acção Climática: portos europeus e americanos unidos contra o aquecimento global

Marítimo Comentários fechados em Programa de Acção Climática: portos europeus e americanos unidos contra o aquecimento global 404
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Porto de Roterdão revelou que integrará uma sinergia que terá como objectivo o cumprimento das directrizes plasmadas no Acordo de Paris, fomentando acções de sustentabilidade ambiental contra o aquecimento global – tal objectivo (integrado no Programa Mundial de Acção Climática) será levado a cabo em sintonia com os portos de Hamburgo, Antuérpia, Los Angeles, Long Beach, Vancouver e Barcelona.



Programa Mundial de Acção Climática: «Portos podem dar contribuição significativa», diz Allard Castelein

Este novo Programa Mundial de Acção Climática visa limitar o progresso (abaixo dos 2ºC) do aquecimento global, segundo explicou à imprensa Allard Castelein, presidente do Porto de Roterdão – para tal, a redução das emissões poluentes do transporte marítimo internacional é fulcral: «Como centros críticos na rede mundial de transporte marítimo, os portos podem dar uma contribuição significativa», afirmou Castelein.

«Tenho a satisfação de ver que as autoridades portuárias internacionais assumiram um papel de liderança neste sentido, comprometendo-se com projectos colaborativos que possam fazer progredir o processo de ‘descarbonização’ do sector do transporte marítimo», acrescentou ainda Castelein.

Adopção de ‘práticas digitais’ para potenciar eficiência logística

As acções específicas deste programa incluem, segundo apurámos, o aumento da eficiência das cadeias de abastecimento através da utilização recorrente de ferramentas digitais, a adopção de abordagens ambiciosas às políticas de redução de emissões em regiões densamente povoadas, e o desenvolvimento mais acentuado de soluções energéticas alternativas (de preferência renováveis) nos portos.

Baixo teor de carbono é paradigma a adoptar com celeridade

O programa visa também a aceleração da introdução de combustíveis sustentáveis ​​comercialmente viáveis ​​com baixo teor de carbono para o transporte marítimo, bem como o aproveitamento de infra-estruturas necessárias à electrificação dos sistemas de propulsão de navios e, finalmente, a promoção de esforços para descarbonizar completamente as instalações destinadas à movimentação de carga nos portos.



Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com