pedro marques novo aeroporto

Aeroporto do Montijo, a «única solução sustentável», gerará 10 mil postos de trabalho

Aéreo Comentários fechados em Aeroporto do Montijo, a «única solução sustentável», gerará 10 mil postos de trabalho 366
Tempo de Leitura: 2 minutos

Realizou-se hoje a formalização, entre o Estado e a concessionária ANA, do acordo de expansão da capacidade aeroportuária do Aeroporto Humberto Delgado e o desenvolvimento do novo aeroporto complementar, localizado no Montijo, e que deverá entrar em funcionamento em 2022.

Investimento de 1,747 milhões de euros será assumido na totalidade pela ANA

Na Base Aérea n.°6, no Montijo, a assinatura do documento que estipula os princípios financeiros e técnicos da solução convencionalmente apelidada de ‘Portela+1’ contou com a presença do Ministro do Planeamento e Infra-estruturas, Pedro Marques, e também com as presenças do Primeiro-Ministro, António Costa, e do CEO do grupo Vinci Airports, detentor da ANA, empresa que assumirá a totalidade do investimento (1,747 milhões de euros).

Inicialmente, serão aplicados 1,326 milhões, dos quais 650 milhões em Lisboa e 520 milhões no Montijo, sendo os remanescentes 421 milhões aplicados durante o prazo da concessão, que tem como termo o ano de 2062. A ANA poderá aumentar as taxas aeroportuárias – de forma moderada – até 2% por ano até 2022. Daí em diante, a subida das mesmas apenas poderá dar-se consoante o crescimento do volume de investimento e procura real.

«Momento marcante» para o sector aeroportuário luso, clamou Pedro Marques

Pista do Monitjo é uma das principais questões em discussão pelos técnicos

‘Solução Montijo’ avança

De acordo com Pedro Marques, o futuro aeroporto do Montijo gerará cerca de 10 mil postos de trabalho. O ministro falou de «um momento marcante» no processo de expansão da capacidade aeroportuária de Portugal. «Chega de hesitações. Este é o momento de avançar com uma decisão clara para as necessidades da região e do pais; uma decisão competitiva e comportável», complementou, durante o discurso.

‘Solução Montijo’: a «única» que é «comportável» e «sustentável»

Para o governante, a solução encontrada «é a única adequada, comportável e sustentável». O aeroporto do Montijo estará munido de uma pista de 2400 metros e 36 spots de estacionamento, estando vocacionado principalmente para ligações ponto a ponto e terá capacidade para receber aeronaves de curto e médio curso, como adiantou a publicação ‘Dinheiro Vivo’.

Embora fixado o acordo, falta ainda a luz verde ambiental, que apenas será dada com o aval da declaração de impacte ambiental. A recolha de informação complementar, pedida pela Agência Portuguesa do Ambiente em 2018, deverá ser entregue ainda no decorrer deste mês de Janeiro.

 

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com