Aeroporto do Monitjo é uma das principais questões em discussão pelos técnicos

Aeroporto do Montijo: Governo vai abrir processo de Avaliação Ambiental Estratégica

AéreoComentários fechados em Aeroporto do Montijo: Governo vai abrir processo de Avaliação Ambiental Estratégica294
Tempo de Leitura: 2 minutos

No seguimento do indeferimento do pedido de apreciação prévia de viabilidade da construção do Aeroporto Complementar no Montijo por parte da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), o Ministério das Infra-estruturas emitiu um comunicado, no qual revela que irá desencadear a «realização de um processo de Avaliação Ambiental Estratégica (AAE)», no contexto da expansão da capacidade aeroportuária da região de Lisboa.

ANAC indeferiu avaliação do Aeroporto do Montijo; Governo avança para AAE

«No seguimento da análise da fundamentação da referida decisão da Autoridade Reguladora, que mereceu a melhor atenção, o Ministério das Infraestruturas e da Habitação informa que o Governo irá avançar, no quadro da expansão da capacidade aeroportuária da região de Lisboa, para a realização de um processo de Avaliação Ambiental Estratégica (AAE)», pode ler-se no comunicado ministerial, difundido esta tarde.

A AAE avaliará três diferentes opções: «A actual solução dual, em que o Aeroporto Humberto Delgado terá o estatuto de aeroporto principal e o do Montijo o de complementar», «uma solução dual alternativa, em que o Aeroporto do Montijo adquirirá, progressivamente, o estatuto de aeroporto principal e o Aeroporto Humberto Delgado o de complementar» e «a construção de um novo aeroporto internacional de Lisboa no Campo de Tiro de Alcochete». A tutela frisa, no comunicado, que o Governo respeitará «a solução que vier a ser identificada na Avaliação Ambiental Estratégica».

Recorde-se que, tal como a Revista Cargo noticiou esta manhã, a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) não irá proceder à apreciação prévia de viabilidade para efeitos de construção do Aeroporto Complementar no Montijo, solicitada pela empresa ANA, devido à inexistência de parecer favorável de todos os concelhos afectados. Recorde-se que o projecto do novo Aeroporto do Montijo sempre enfrentou a oposição frontal e reiterada das câmaras do Seixal e da Moita, devido àquilo que ambas caracterizam de «impactos irreversíveis».

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com