adfersit

Montijo libertará ‘slots’ no Aeroporto de Lisboa, resultando em «mais capacidade para fazer carga»

Aéreo, Marítimo Comentários fechados em Montijo libertará ‘slots’ no Aeroporto de Lisboa, resultando em «mais capacidade para fazer carga» 373
Tempo de Leitura: 2 minutos

Em declarações prestadas à estação televisiva RTP, à margem do 17º Congresso da APAT, António Nabo Martins, presidente executivo da associação, abordou o dossier da carga aérea e, consequentemente, o tema do novo aeroporto do Montijo. Na mira das observações estiveram também os portos.

Montijo possibilitará «mais capacidade para fazer carga» no Aeroporto de Lisboa

António Nabo Martins manifestou-se a favor da construção do aeroporto do Montijo, pelo motivo de se poder «libertar alguns slots do aeroporto de Lisboa», de forma a haver «mais capacidade para fazer carga». Recorde-se que o projecto tem estado envolvido em polémica, devido às muitas críticas apresentadas por diversas associações ambientais e organizações não-governamentais.

Também a Ordem dos Engenheiros veio a terreiro criticar a ‘solução Montijo’, afirmando que a opção «é política e resulta de diversas condicionantes, cuja conjugação acabou por ditar um caminho irreversível», só podendo ser vista «como o entendimento da consequência de um processo que roçou a opacidade e que conduziu o país para essa inevitabilidade».

Investimento portuário deve ser acompanhado de aposta nas «acessibilidades»

No que toca aos investimentos portuários, o presidente executivo da APAT caracterizou o sector como sendo o que tem «trabalhado melhor  a questão dos investimentos nas infra-estruturas», deixando elogios aos investimentos levados a cabo nos portos de Leixões, Lisboa e Setúbal, e questionando apenas «não se falar tanto na questão das acessibilidades aos portos e como é que se retira a carga dos portos».

O presidente da APAT destacou ainda a importância de, na próxima legislatura, imperar uma «estabilidade fiscal», tanto ao nível dos impostos sobre do trabalho como no ramo dos combustíveis. «Não vamos pedir para que baixem, que isso seria o ideal, mas no mínimo que estabilizem. Isso já seria menos mau. Pelo menos sabemos com aquilo que temos de contar durante o próximo mandato», vincou.

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com