operadores porto de lisboa portos

AGEPOR: greve do SEAL é «inconcebível» em plena «situação dramática que o país vive»

Marítimo Comentários fechados em AGEPOR: greve do SEAL é «inconcebível» em plena «situação dramática que o país vive» 383
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Associação Dos Agentes De Navegação De Portugal (AGEPOR) emitiu hoje um comunicado no qual reage aos recentes eventos que vêm marcando a evolução da pandemia global e o actual estado de impasse que um dos mais vitais elos logísticos e portuários do país vive, mercê da greve da estiva. Na missiva, a associação deixa duras críticas ao sindicato SEAL e vinca a esperança numa «vida nova» para o Porto de Lisboa.

«A AGEPOR foi avisando continuadamente que nenhum porto poderia sobreviver aos mais de 120 pré-avisos de greve decretados pelo SEAL na última década. É um sindicato que tem vivido da greve, para a greve e pela greve», pode ler-se na missiva, na qual a associação liga a premissa da inexistência de uma «paz social duradoura» à conclusão da «progressiva queda de movimento em Lisboa».

«A AGEPOR não deixou de avisar continuadamente que os trabalhadores portuários estavam a ser utilizados numa luta que não era a deles. Disse, com clareza, que deixassem de ser carne para canhão, e advertiu que não seguissem uma estratégia que nada tem a ver com os seus interesses, com o seu futuro e o das suas famílias. Afirmou, sem rodeios, que o SEAL prosseguia uma política do passado para o declínio do futuro», atirou.

SEAL mostra «total indiferença» pela situação de calamidade, diz a AGEPOR

Mostrando total suporte à decisão do Governo de proceder à Requisição Civil dos trabalhadores portuários, a AGEPOR diz ser «inconcebível» a manutenção de uma «greve em total indiferença para com a situação dramática que o país vive». Para a associação, tal é somente uma «manifestação do desfasamento do SEAL para com a realidade». O futuro do porto, esse, apenas se fará «com navios e com cargas», avisa.

«A AGEPOR espera que este seja o último capítulo desta História triste e que possa ser o primeiro de uma nova vida do porto de Lisboa. Uma vida assente numa paz social e duradoura que a todos beneficie e assim promova a actividade económica que, neste momento, tanto precisamos», rematou a associação. 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com