Airbus projecto

Airbus junta-se a parceiros europeus para apresentar as operações do projecto ‘fello’fly’

Aéreo, Empresas Comentários fechados em Airbus junta-se a parceiros europeus para apresentar as operações do projecto ‘fello’fly’ 265
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Airbus assinou acordos com duas companhias aéreas suas clientes, bem como com três prestadores de serviços de navegação aérea, e o EUROCONTROL – para demonstrar a viabilidade operacional do seu projecto fello’fly, cuja meta é reduzir as emissões da indústria da aviação.

As companhias aéreas envolvidas no projecto são a Frenchbee e SAS Scandinavian Airlines, ao passo que as empresas prestadoras de serviços de navegação aérea são a DSNA de França (Direction des Services de la Navigation Aérienne – Direcção de Serviços de Navegação Aérea) e o NATS do Reino Unido (National Air Traffic Services National – Sistema Nacional de Tráfego Aéreo, esclareceu a Airbus via comunicado.

Inspirado na biomimética, o projecto fello’fly baseia-se no Wake Energy Retrieval (WER) para reduzir as emissões da aviação. Esta recuperação de energia, WER, replica o comportamento dos pássaros que voam juntos para reduzir o consumo de energia. A técnica de uma aeronave seguidora recuperar a energia perdida pela líder, ao voar na esteira de ar criada, reduz o consumo de combustível na ordem dos 5-10% por viagem.

No âmbito destes acordos, a Airbus, Frenchbee, a aSA S, DSNA, o NATS e a EUROCONTROL vão desenvolver um conceito de operações seguro e realista (CONOPS) indispensáveis para moldar as regulamentações operacionais para o prometo fello’fly. Segundo adiantou a Airbus, os voos de teste vão realizar-se até ao fim de 2020 com duas aeronaves Airbus A350, contando com o envolvimento das companhias aéreas e dos prestadores de serviços de navegação aérea (ANSP) num espaço aéreo oceânico, já em 2021, detalhou a Airbus.

«Tendo em conta o elevado potencial de redução significativa das emissões para a indústria de aviação como um todo, contribuindo directamente para as metas de crescimento sustentável do sector, a Airbus tem como meta um Entry-Into-Service (EIS) controlado, o que é esperado para meados desta década», salientou ainda a companhia. Recorde-se que o O fello’fly faz parte da Airbus UpNext, uma subsidiária da Airbus criada para proporcionar um desenvolvimento rápido de tecnologias do futuro, através da construção de demonstradores com rapidez e escala.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com