Sector do ‘shipping’ ainda «relutante» quanto à adesão à digitalização, diz Alphaliner

Marítimo Sem comentários em Sector do ‘shipping’ ainda «relutante» quanto à adesão à digitalização, diz Alphaliner 372

No seu mais recente relatório, a analista marítima Alphaliner deu conta do facto da indústria do transporte marítimo de contentores permanecer, até agora, «bastante relutante» no que diz respeito à adesão às novas tecnologias. Para a Alphaliner, as companhias de ‘shipping‘ continuam a abordar de modo incompleto e desconfiado os novos processos digitais que vêm sendo mediatizados e introduzidos por algumas das líderes de mercado.

«Relutante» e a «ficar para trás»: Alphaliner retrata transporte marítimo face à digitalização

«A indústria do transporte marítimo de carga insiste em ficar para trás em relação a outros sectores em termos de inovação, com as novas tecnologias disruptivas a não terem pontos de suporte no mercado», relata a Alphaliner no seu último relatório. A afirmação da especialista marítima vai ao encontro – apesar da mediatização da introdução da nova era digital no contexto marítimo – da visão de Dagfinn Lunde, profissional com mais de 30 anos de experiência no sector do transporte marítimo e no respectivo financiamento.

Segundo a Alphaliner, o investimento em novas tecnologias ligadas à logística de contentores é largamente focado em áreas como a gestão de taxas/tarifas, visibilidade de embarques e monitorização de mercadoria, análises preditivas, conhecimento de embarque electrónico (‘bill of lading‘ em formato electrónico) e rastreio de contentores, mas nenhuma das soluções foi capaz de providenciar uma plataforma integrada de ‘shipping‘ ou um novo modelo de negócio de cariz transformador.

«Retornos da digitalização são ainda pobres»

«Os retornos das iniciativas de digitalização na indústria são ainda pobres com poucas transportadoras a puderem alavancarem com tais iniciativas, de modo a obterem uma verdadeira vantagem competitiva», comenta a Alphaliner. Segundo as suas estatísticas, metade das reservas de contentores continuam a ser efectuadas de modo manual; mais: explica a Alphaliner que plataformas digitais como a INTTRA, SmartCargo ou GT Nexus apenas oferecem soluções básicas no que toca ao processo de reservas e ‘track and trace‘.

Leave a comment

Back to Top

Powered by MAEIL
Partilhar
Partilhar