José Luís Arnaut ANA

ANA saúda decisão do Governo: «Estudo estratégico ambiental tem de ser feito rapidamente»

Aéreo, EmpresasComentários fechados em ANA saúda decisão do Governo: «Estudo estratégico ambiental tem de ser feito rapidamente»283
Tempo de Leitura: 2 minutos

O presidente do conselho de administração da empresa ANA – Aeroportos de Portugal, José Luís Arnaut, saudou a decisão do Governo face à avaliação ambiental estratégica, no contexto da expansão da capacidade aeroportuária da região de Lisboa, no seguimento da decisão da ANAC de indeferir liminarmente o pedido de avaliação prévia da viabilidade do projecto do novo Aeroporto do Montijo.

Meio século a «estudar a melhor opção»: «Já chega», diz presidente da ANA

José Luís Arnaut garantiu que está disponível para, em sintonia com o Executivo, chegar a uma boa solução. «Saudamos esta iniciativa do Governo e achamos que o estudo estratégico ambiental tem de ser feito rapidamente. Estamos há mais de 50 anos a estudar a melhor solução para o aeroporto de Lisboa, já chega. Estamos preparados e assim que esse estudo estiver finalizado vamos colaborar com ele e com o Governo», declarou, à RTP3.

Na visão da ANA, vincou José Luís Arnaut, a melhor solução para o país é ter o aeroporto do Montijo como complemento do aeroporto de Lisboa. «Analisamos tecnicamente aquela que achamos que é a melhor solução e, nesse sentido, entendemos que a reciclagem do aeroporto existente, que era a base aérea do Montijo, como aeroporto complementar de Lisboa era a melhor solução do ponto de vista ambiental», frisou.

«O país não é rico, não era rico antes e está menos rico agora. As companhias aéreas têm uma situação menos folgada financeiramente agora e, portanto, as opções que estão em curso é avançarmos com esta solução ou irmos para uma solução de um aeroporto de raiz, tipo Alcochete, em que os custos são de cerca de 8 mil milhões de euros com dinheiro dos contribuintes», salientou ainda o presidente do conselho de administração da ANA.

Recorde-se que, na passada Terça-feira, a entidade reguladora ANAC anunciou que se encontrou forçada a indeferir liminarmente o pedido feito pela ANA, em cumprimento do princípio da legalidade e do comando vinculativo do legislador constante da mencionada disposição legal, «não havendo lugar à apreciação técnica do mérito do projecto».

Saiba mais sobre a decisão do Governo:

Aeroporto do Montijo: Governo vai abrir processo de Avaliação Ambiental Estratégica

Fontes: TSF, Lusa e RTP3

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com