Análise do CIIMAR garante que derrame em Leixões não acarreta riscos para o ecossistema

Marítimo Comentários fechados em Análise do CIIMAR garante que derrame em Leixões não acarreta riscos para o ecossistema 274
Tempo de Leitura: 1 minutos

O incidente que resultou no derrame de ácido fórmico nas águas de Leixões não causou repercussões ambientais: quem o confirma é o estudo da qualidade da água levado a cabo pelo CIIMAR, que garante «que não existem riscos para a saúde nem impacto no ecossistema» após análises feitas à água, veiculou a APDL.

Análise do CIIMAR à água não verificou «vestígios de ácido na água»

Recorde-se que, no passado dia 5 de Novembro, um pequeno derrame de ácido fórmico no Porto de Leixões obrigou a APDL a medidas de precaução e averiguação dos potenciais riscos ambientais do sucedido: a análise da qualidade da água, solicitada pela APDL ao CIIMAR (Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto), «concluiu que não se verificam vestígios de ácido na água».

Resolução do problema não afectou «normalidade» no porto nortenho

Assim, adiantou a APDL, confirma a análise do CIIMAR não terem existido quaisquer impactos para o ecossistema «nem risco para a saúde pública». Lembrou a administração portuária que «o ligeiro derrame decorreu num contentor a bordo do navio HSL Porto da Maersk e que, ao verificar-se a libertação de vapor, a APDL accionou de imediato as medidas de contingência, solicitando o apoio da Protecção Civil para acompanhar o descarregamento do contentor do navio».

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com