regulamento camiões iru

ANTRAM: Acordo com SNMMP segue os moldes dos protocolos negociados com FECTRANS e SIMM

Terrestre Comentários fechados em ANTRAM: Acordo com SNMMP segue os moldes dos protocolos negociados com FECTRANS e SIMM 257
Tempo de Leitura: 2 minutos

A ANTRAM informou, através de uma circular dirigida aos seus associados, que o princípio de acordo firmado com o sindicato SNMMP (que permitiu desconvocar a greve marcada para o período de 7 a 22 de Setembro) «rege-se integralmente pelos princípios dos protocolos negociais celebrados pela ANTRAM com a FECTRANS, o SIMM e o SNMMP em Maio deste ano».

Este acordo de princípio representa, «na prática, o regresso à situação em que nos encontrávamos em Julho, quando as negociações com o SNMMP foram interrompidas». Recorde-se que, após a cisão negocial de Julho, o SNMMP convocou a greve de Agosto (por tempo indeterminado) e esteve prestes a começar uma terceira paralisação (às horas extraordinárias, feriados e fins-de-semana), durante este mês de Setembro.

SNMMP deixou cair o aumento de 40% do subsídio de operações

 A celebração deste Acordo foi possível – face às tentativas frustradas de mediação e de negociação que ocorreram em Agosto deste ano -, na medida em que o SNMMP deixou cair dois pontos que a ANTRAM rejeitou nessas ocasiões, a saber: o aumento em 40% do subsídio de operações para o transporte de mercadorias perigosas, que se mantém em 125,00€/mês a partir de 2020, e a predeterminação de determinados resultados da negociação, designadamente quanto a matérias remuneratórias e de tempo de trabalho», adiantou a associação.

Negociação será feita dentro dos moldes do protocolo de 17 de Maio, frisa a ANTRAM

Frisa a ANTRAM que a negociação com o SNMMP far-se-á nos moldes fixados pelo protocolo assinado a 17 de Maio de 2019, «ficado clarificado e esclarecido entre as Partes que: as empresas e os trabalhadores devem realizar o seu trabalho nos moldes em que sempre o fizeram, devendo ambas respeitar o limite máximo de sessenta horas numa concreta semana e o limite de quarenta e oito horas em média, por semana, num período de referência a negociar entre as partes, no próximo dia 12 de Setembro de 2019; o limite máximo das horas de trabalho referido no ponto anterior não pode ser ultrapassado; e que todo o trabalho prestado pelos trabalhadores deve ser remunerado».

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com