gasóleo combustíveis

ANTRAM alerta Governo para situação insustentável: empresas encontram-se «no limite»

Empresas, Terrestre Comentários fechados em ANTRAM alerta Governo para situação insustentável: empresas encontram-se «no limite» 254
Tempo de Leitura: 2 minutos

A ANTRAM veio a terreiro, no passado Sábado (dia 16 de Outubro), alertar para a situação cada vez mais grave que o sector do transporte rodoviário de mercadorias vive, à mercê da escalada dos preços dos combustíveis. As empresas estão actualmente «no limite», avisou a associação, através das palavras do seu porta-voz, André Matias de Almeida. Insolvências poderão seguir-se «a breve trecho».

Segundo a Lusa, a ANTRAM considera que a medida do Governo que visava atenuar a escalada dos preços do combustível, terá um «impacto muito reduzido»: a descida do Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) será insuficiente para aliviar a carga sobre as empresas portuguesas. «A descida de um e dois cêntimos no gasóleo e na gasolina é imediatamente consumida pela subida na próxima Segunda-feira de cerca de dois cêntimos», disse.

Governo deveria reduzir a carga fiscal sobre combustíveis, aponta a ANTRAM

A medida é feita de boas intenções, mas, considera o porta-voz da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias, não chega para mudar o rumo dos acontecimentos: as empresas «estão no seu limite», alerta. Para a associação, que representa cerca de duas mil empresas, o Governo devia combater o aumento dos preços nos combustíveis «diminuindo a carga fiscal».

«Mais de 60 cêntimos em impostos em cada um euro de combustível é um exagero», vincou André Matias de Almeida, defendendo que o Governo deveria «encontrar um pacote de apoio no Orçamento do Estado que pudesse ajudar a esbater» o efeito da escalada dos preços dos combustíveis. Esta situação, aliada à subida do vencimento dos motoristas, vem deixando as empresas portuguesas numa situação muito ameaçadora.
A ANTRAM diz estar «muito expectante e empenhada» na reunião com o Executivo que deverá acontecer brevemente: estará em cima da mesa a discussão de medidas para impactar positivamente o sector, como «um novo tratamento fiscal para as empresas», adiantou o porta-voz à Lusa. Recorde-se que, na passada Quarta-feira, a associação reuniu-se de emergência para analisar a problemática do aumento dos combustíveis.

Fonte: Lusa

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com