APCAP camiões antram pacote

ANTRAM e FECTRANS reuniram hoje, com possível actualização da tabela salarial no horizonte

Terrestre Comentários fechados em ANTRAM e FECTRANS reuniram hoje, com possível actualização da tabela salarial no horizonte 456
Tempo de Leitura: 2 minutos

Realizou-se esta manhã, pelas 9 horas, a primeira reunião entre a ANTRAM e a FECTRANS com vista à revisão de alguns aspectos contratuais do acordo colectivo assinado no Verão de 2018. O encontro teve como principal meta a definição de uma metodologia de trabalho para os anos vindouros, declarou, em posterior conferência de imprensa, o coordenador da FECTRANS, José Manuel Oliveira.

Uma das questões que será analisada em futuras reuniões será a da actualização da tabela salarial – existem, actualmente, quatro categorias, «com um valor mínimo garantido de 900 euros e é partir daí que vamos trabalhar», adiantou José Manuel Oliveira. Longe de ser o ideal, o acordo firmado com a ANTRAM é tido pela federação como um importante passo para a harmonização das práticas do sector e para a defesa das remunerações.

«O caminho é melhorar as condições de trabalho», declarou presidente da ANTRAM

«A diferença é que passámos a ter neste contrato os trabalhadores a não fazerem descontos sobre o salário base. É preciso valorizar o trabalho neste sector e reverter a desconsideração em relação ao mesmo», frisou. Por seu turno, Gustavo Paulo Duarte, presidente da ANTRAM, reforçou que a associação «tem trabalhado para dignificar a profissão», lembrando qual o rumo certo: «O caminho é melhorar as condições de trabalho».

Esta reunião acontece a poucos dias de nova ronda negocial entre a ANTRAM e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) – recorde-se que os motoristas de matérias perigosas entraram em greve no dia 15 de Abril e Portugal esteve na antecâmara de uma «crise energética». Os motoristas pedem salários de 1200 euros para os profissionais do sector, um subsídio de 240 euros e a redução da idade de reforma.

Exigências do SNMMP são desenquadradas da realidade nacional

A próxima reunião entre o sindicato e a associação está marcada para o próximo dia 7 de Maio. Sem abrir o jogo, Gustavo Paulo Duarte declarou aos jornalistas que a ANTRAM continuará a negociar «em prol da valorização do sector», vincando, no entanto, que as reivindicações do SNMMP são excessivas e desenquadradas da realidade portuguesa. Caso não haja acordo, paira já a ameaça de nova paralisação por banda do sindicato.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com