APDL já lançou o concurso público com vista à reconstrução do emblemático Titan de Leixões

Marítimo Comentários fechados em APDL já lançou o concurso público com vista à reconstrução do emblemático Titan de Leixões 346
Tempo de Leitura: 2 minutos

O emblemático Titan de Leixões vai mesmo ser reconstruído – foi já lançado o concurso internacional com vista à execução da reconstrução, adiantou o gabinete de comunicação do Ministério do Mar. A estrutura, recorde-se, foi edificada em 1888 para suportar a construção do Porto de Leixões.

Esta iniciativa constava do quadro de projectos anunciados pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino – de acordo com o ministério, este passo reflecte o esforço de preservação da história marítimo-portuária por banda do Executivo. «Os portos marítimos, a par dos faróis, fazem parte do imaginário colectivo português e a ministra do Mar vem-se empenhando em que a história da construção e evolução das estruturas portuárias, bem como a daqueles que a têm protagonizado, seja mais conhecida e integre a literacia do mar português», informou o Ministério do Mar.

«Recuperação do Titan é de um valor e importância inestimável»

Confirmado o lançamento do concurso público internacional para a reconstrução do Titan do Molhe Sul por parte da APDL, poderá já perspectivar-se a recuperação de uma «estrutura centenária» que é considerada «um ex-libris na região», mas que, actualmente, estava devotada ao esquecimento. «Pela sua importância e preponderância no património industrial do Porto de Leixões e relevo na história de Matosinhos, a APDL entende que a recuperação do Titan é de um valor e importância inestimável», comunicou a tutela.

O edital, que foi publicado no passado dia 21 de Junho, em Diário da República, tem um preço base de 1.850.000 € (e a adjudicação da obra está prevista para o próximo mês de Outubro, sendo o prazo de execução de 1 ano. «Contas feitas, a APDL aponta a inauguração da recuperação do Titan para o último quadrimestre de 2020», anunciou o ministério. O equipamento será instalado no acesso ao Terminal de Cruzeiros de Matosinhos e, seguindo a lógica de abertura à cidade já habitual nesta infraestrutura portuária, poderá ser visitado por toda a população.

O Titan trata-se de um grande guindaste movido a vapor (que no passado se deslocava sobre carris), construído e montado em 1888 com o objectivo de suportar a construção Porto de Leixões. Recorde-se que a obra do Porto de Leixões começou em Julho de 1884 e que o projecto inicial consistia na construção de dois grandes molhes, um a norte, com a extensão de 1.579 metros, e outro a sul, com a extensão de 1.147 metros.

Foto: APDL/Porto de Leixões Facebook

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com