audi realidade virtual

Audi aposta na realidade virtual para desenvolver a sua logística

LogísticaComentários fechados em Audi aposta na realidade virtual para desenvolver a sua logística331
Tempo de Leitura: 2 minutos

Depois da UPS ter revelado que iria utilizar a realidade virtual para treinar os seus motoristas, chegou a vez da Audi apresentar aquilo que considera ser o centro de formação do futuro, e que, afirma ainda, cabe numa mala. Segundo a fabricante alemã, no seu novo programa de formação interactivo para a logística de embalagem, tudo o que será preciso cabe numa curta lista: «um computador, um par de óculos de realidade virtual e dois comandos».

A grande vantagem será o facto de a formação se tornar num processo divertido, uma vez que os exercícios são projectados como se de um videojogo se tratasse, e o equipamento é rápido de configurar em qualquer lugar que esteja.

Imagens realistas do posto de trabalho

Quando o funcionário coloca os óculos RV (realidade virtual), tem acesso a uma simulação realista e imersiva do seu posto de trabalho no Hall L do Ingolstadt Logistics Center. Também são disponibilizados dois controladores (um em cada mão) igual aos utilizados em videojogos, controladores esses que são usados para interagir com as imagens virtuais dos equipamentos de trabalho, como sejam recipientes e/ou componentes.

Idealizado em vários níveis de dificuldade, o treino permite que o funcionário vá progredindo, mantendo-o motivado ao colocar em prática tudo aquilo que vai aprendendo, estando sempre disponível um formador para apoiar o funcionário a cada momento e que ele próprio pode acompanharo treino de cada funcionário através do seu tablet.

Programa da Audi não conhece barreiras

Este novo programa de formação também elimina as barreiras da distância e de língua, uma vez que o programa é facilmente configurável quer em alemã, como espanhol e inglês, podendo o treino ser realizado em todas as localizações de fábricas da Audi.

«A resposta dos funcionários ao treino virtual foi extremamente positiva», disse o chefe do projecto Mirko Göres do Brand Logistics Information Process Planning. «Após uma fase piloto de seis meses, dois programas de treino de processo estão agora a ser utilizados permanente na Logística CKD. Agora estamos a trabalhar com o centro de formação em Ingolstadt e de Neckarsulm bom como com a logística da fábrica de Ingolstadt para desenvolver três programas de treino RV adicionais sobre as temáticas de pick-by-light, pick-by-tablet e pick-by-voice ».

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com