Autoeuropa

Autoeuropa elogiou «papel decisivo» do Governo na resolução da paralisação em Setúbal

Marítimo Comentários fechados em Autoeuropa elogiou «papel decisivo» do Governo na resolução da paralisação em Setúbal 373
Tempo de Leitura: 2 minutos

Findado o conflito da estiva no Porto de Setúbal, é tempo de colocar mãos à obra e recuperar o tempo perdido: a grande prioridade da Autoeuropa é a de reforçar, durante as próximas semanas, o número de navios a carregar no porto sadino, para que sejam embarcados tantos veículos quanto possível, adiantou o ‘Jornal de Negócios’. Sobre o tema, a Autoeuropa elogiou, em declarações ao jornal, a mediação feita pelo Governo.

As próximas semanas serão de duro trabalho – para a Autoeuropa e, claro, para o Porto de Setúbal: para recuperar da paralisação (que demorou mais de um mês) e da estagnação, que obrigou a empresa a desviar tráfego ro-ro para o Porto de Leixões, haverá um reforço das operações portuárias. Por banda da empresa de trabalho portuário, foi dada a garantia de que a mão-de-obra dará a resposta necessária.

Diogo Marecos: «Há uma intenção clara da Autoeuropa de acelerar o embarque de veículos»

Os navios utilizados pela fábrica da Volkswagen em Palmela transportam uma média de dois mil veículos – o ‘Jornal de Negócios fez as contas e adiantou, na sua edição de 17 de Dezembro, que  a Autoeuropa terá de realizar pelo menos 12 carregamentos de navios para expedir os cerca de 23 mil veículos actualmente estacionados – número que cresce se tivermos em conta os cerca de cinco mil veículos que deverão ser produzidos até 22 de Dezembro, dia em que a fábrica interrompe as suas operações, de forma temporária.

«Há uma intenção clara da Autoeuropa de acelerar o embarque de veículos, estando previsto um reforço dos navios a rumara Setúbal», declarou, ao ‘Jornal de Negócios’, Diogo Marecos, gerente da Operestiva. «Do ponto de vista da mão-de-obra, a Operestiva assegura que existe a capacidade para que sejam embarcados todos os veículos que a empresa tem actualmente parqueados e que representam 300 milhões de euros», sublinhou.

Autoeuropa elogiou mediação do Governo

Ao jornal, a Autoeuropa mostrou-se satisfeita com o acordo alcançado, reconhecendo «o papel decisivo que o Governo teve neste processo, assim como as restantes partes envolvidas, ou seja, os operadores e o sindicato. Neste momento já está em curso um plano logístico para mitigar a situação das viaturas retidas no porto de Setúbal».

 

Foto: Volkswagen

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com