portos valencia

Bergé lidera projecto transversal de digitalização e automatização dos portos espanhóis

Logística, Marítimo Comentários fechados em Bergé lidera projecto transversal de digitalização e automatização dos portos espanhóis 288
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Centro para o Desenvolvimento Tecnológico Industrial (CDTI) do Ministério da Ciência, Inovação e Universidades deu luz ao projecto ‘Estiva + 2022’, conduzido pelo operador logístico Bergé – a iniciativa visa desenvolver tecnologias ligadas à ‘Indústria 4.0’ rumo à digitalização dos portos espanhóis, com recurso à logística altamente automatizada (Smart Digital Ports).

Espanha aposta nos Smart Digital Ports

Este projecto arrancará com cerca de cinco milhões de investimento, levado a cabo pelo CDTI, conta com a participação de empresas internacionais como a Celsa, Dachser, Ficosa, Retevisión, Prodevelop e Eurohelp, e organização de pesquisa e inovação, como a Tecnalia, INSIA, e o Instituto de Biomecânica de Valência.

A Bergé adiantou que a iniciativa durará quatro anos, tendo nascido para «responder aos desafios de optimização do espaço portuário, dos tempos de operação, dos custos de transporte e produtividade, dos desafios de maximização dos fluxos de estiva e da obrigação da diminuição do impacto ambiental e da pegada de CO2».

Bergé lidera iniciativa rumo a portos «altamente automatizados» e «conectados»

Nesse sentido, a Bergé frisou, citada pela imprensa espanhola, que a aspiração é «conseguir um porto altamente automatizado, no qual todos os dispositivos e activos estão conectados (IoT), para que se possa operar de forma mais interactiva com os diferentes elementos que compõem ou se relacionam com a infra-estrutura: guindastes, camiões e estivadores, além de avançar no desenvolvimento do conceito de Smart Port.

O papel da Bergé, enquanto líder deste projecto, consistirá, essencialmente, na gestão, coordenação e direcção de todas as equipas de trabalho, na definição de casos de uso de referência associados aos portos ou «laboratórios vivos» (como lhe chamou a empresa), na análise do desempenho de testes ambientais e também na quantificação do impacto derivado da implementação do projecto, bem como a definição de directrizes para sua implantação progressiva.

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com