capacidade

BIMCO e da ECSA expressam desejo de «melhorar e aprofundar» cooperação

Marítimo Comentários fechados em BIMCO e da ECSA expressam desejo de «melhorar e aprofundar» cooperação 220
Tempo de Leitura: 2 minutos

A BIMCO e a Associação de Armadores da Comunidade Europeia (ECSA), nada mais nada menos que as duas principais associações globais de representação de armadores, estão em busca de novas formas de fortalecer a sua cooperação, na tentativa de darem voz única às operadoras marítimas espalhadas por todo o mundo.



A discussão sobre as formas de colocar em prática uma política unívoca de cooperação dura há já algumas semanas e está no topo das prioridades da BIMCO e da ECSA, afirmaram os respectivos presidentes das entidades, Anastasios Papagiannopoulos e Panos Laskarides, durante um encontro na capital grega, Atenas.

Legislação ambiental também presente na lista de prioridades das duas entidades

«A ECSA e a BIMCO apoiaram-se mutuamente no passado, mas existe o desejo de ambas as associações de melhorarem e aprofundarem ainda mais a cooperação», afirmou Laskaridis, após a reunião. «Discutimos as principais questões da indústria naval, como a legislação ambiental, incluindo as emissões de CO2 dos navios e o limite global para o enxofre, que entrará em vigor a partir de Janeiro de 2020», acrescentou.

A troca de ideias não se cinge estritamente à área do Shipping, versando também sobre temas mais globais como o comércio mundial» (e os desenvolvimentos da guerra de tarifas EUA-China), a «migração» e o «envolvimento de navios mercantes em operações de resgate».

Forte proximidade «é do interesse de ambas as organizações»

Para Papagiannopoulos, o futuro do Shipping deve ser pautado pela colaboração e pela obtenção de consensos: «É crucial que a indústria naval fale a uma só voz, a nível europeu e global. É por isso que uma relação ainda mais próxima entre a BIMCO e a ECSA é do interesse de ambas as organizações».

«Os pontos fortes e os recursos de ambas as organizações precisam de ser combinados em discussões sobre políticas que orientarão o futuro da indústria naval. Ao discutirmos as medidas de curto, médio e longo prazo para reduzir as emissões de GEE do transporte marítimo internacional, a indústria precisa de estar unida», completou.



Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com