Brexit: Conselho Europeu de Carregadores pede extensão do período de transição para evitar «precipício»

Empresas, Logística, Terrestre Comentários fechados em Brexit: Conselho Europeu de Carregadores pede extensão do período de transição para evitar «precipício» 254
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Conselho Europeu de Carregadores solicitou um período de transição para o Brexit até, pelo menos, Dezembro de 2020. Na visão do organismo, tal será imperativo para permitir que governos e empresas finalizem os seus devidos preparativos para a retirada do Reino Unido da União Europeia (UE). O cenário de Hard Brexit, frisou o conselho, será não menos que um autêntico «precipício».

«Cenário de precipício» é real e não deve ser menosprezado, alerta o Conselho Europeu de Carregadores

«Se o presente acordo de retirada do Reino Unido da UE não passar na votação na Câmara dos Comuns em meados de Janeiro, a instalação de um cenário de precipício será o mais provável. Nesse caso, os produtores e comerciantes não garantirão que os produtos chegarão a seus clientes a tempo e em boas condições», alertou hoje a organização. Recorde-se que no dia 21 será jogado o futuro do processo, com a votação na Câmara dos Comuns.

Caso seja rejeitado o acordo actual, vários cenários poderão estar sobre a mesa: um novo referendo, o gizar de outro acordo, com novos princípios estruturantes, a extensão do período de transição e, claro, até mesmo o tão temido Hard Brexit, que automaticamente levará à extinção de qualquer período de transição – já para não falar das formalidades burocráticas que passarão a ser aplicadas a todos os países.

Indefinição «inaceitável» e o fantasma do Hard Brexit que teima em pairar no ar…

A indefinição e o suspense que insistem em pautar este dossier são, para o Conselho Europeu de Carregadores, inaceitáveis: «Os transportadores não poderão garantir a entrega das mercadorias aos clientes a tempo e em boas condições, no caso de um cenário de precipício. Tal cenário terá um impacto forte sobre o bem-estar dos habitantes do Reino Unido e da UE», explicou o organismo.

«Embora muitas empresas já tenham investido atempadamente na prevenção do caos, a preparação feita até agora nunca pode impedir completamente a ocorrência de grandes perturbações no comércio. A capacidade dos armazéns no Reino Unido já foi esgotada completamente e é quase impossível alugar espaço adicional nos armazéns para stocks de emergência», esclareceu ainda o Conselho Europeu de Carregadores.

 

Author

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com