Terminal de Lousado Câmara

Câmara de Famalicão: Terminal da Medway «irá potenciar a indústria exportadora local»

Logística, Terrestre Comentários fechados em Câmara de Famalicão: Terminal da Medway «irá potenciar a indústria exportadora local» 341
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Medway vai investir 63 milhões de euros no projecto de construção de um novo terminal rodo-ferroviário em Lousado, Vila Nova de Famalicão – a apresentação pública do projecto ocorre esta Terça-feira. Em comunicado, a Câmara Municipal salientou que a nova infra-estrutura «irá potenciar a indústria exportadora local», afigurando-se, no futuro, como um elemento dinamizador «para a economia e o emprego da região».

Câmara diz que Terminal contribuirá «para a economia e emprego da região»

Medway ferrovia linhas«Com ligação ferroviária directa, através da Linha do Minho, bem como com as acessibilidades rodoviárias através de diversas vias principais, este terminal irá potenciar a indústria exportadora local, facilitando a logística das suas mercadorias, contribuindo, desse modo, para a economia e o emprego da região», comunicou a Câmara de Famalicão. Recorde-se que, inicialmente, o projecto implicava um investimento de 35 milhões de euros.

«A Medway, empresa líder no transporte ferroviário de mercadorias em Portugal, vai apresentar, Terça-feira, 14 de Setembro, o projecto para o terminal ferroviário de mercadorias e a respectiva unidade de execução, que ficará localizado na Freguesia de Lousado, em Vila Nova de Famalicão», adiantou a autarquia. Com quatro linhas férreas de 750 metros, a futura infra-estrutura contará com uma área de 220 mil metros quadrados e capacidade para cerca de 11 mil TEU. O projecto inclui ainda uma ligação para contentores refrigerados (também apelidados de reefer), área reservada para cargas perigosas, espaços para armazenagem e serviços logísticos, parque seguro para camiões, oficinas e vigilância 24 horas.

Recorde-se que a informação sobre a construção de um terminal ferroviário de mercadorias em Vila Nova de Famalicão foi primeiramente avançada em Janeiro de 2019, pela própria autarquia. À data, o investimento previsto fixava-se nos 35 milhões de euros. A infra-estrutura servirá os portos de Sines e Leixões.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com