CFM ferrovia cfm

Caminhos de Ferro de Moçambique investirá 200 milhões de dólares na Linha de Machipanda

Terrestre Comentários fechados em Caminhos de Ferro de Moçambique investirá 200 milhões de dólares na Linha de Machipanda 721
Tempo de Leitura: 1 minutos

A empresa pública Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) adiantou que investirá 200 milhões de dólares americanos no projecto de reconstrução da linha de Machipanda, de grande importância para o manuseamento de carga diversa aos países do hinterland, em particular o Zimbabwe.

A revelação partiu do próprio presidente do Conselho de Administração (PCA) dos CFM, Miguel Matabel – o responsável garantiu a intenção de materializar o investimento durante a realização da cerimónia de inauguração de cinco novas locomotivas e 300 vagões plataforma, usados no transporte de carga contentorizada, havida em Maputo na estação central da empresa.

«Estamos empenhados na reabilitação da linha de Machipanda»

A linha de Machipanda, com uma extensão de 318 quilómetros, ligando o Porto da Beira ao Zimbabwe, é crucial à economia do país e à região centro de Moçambique. A sua integridade, algumas secções, foi afectada na sequência do ciclone Idai. «Estamos empenhados na reabilitação da linha de Machipanda», frisou o presidente do Conselho de Administração dos CFM.

Esta reabilitação garantirá que as locomotivas ainda por adquirir, que vão operar na linha de Machipanda, possam ali transitar, disse Matabel, apontando que, numa primeira fase, o projecto inicial é de 200 milhões de dólares, adiantou a imprensa moçambicana.

Os CFM alcançaram, em 2018, resultados operacionais encorajadores na ordem de cerca de 40 milhões de dólares, numa altura em que o Governo exige das empresas públicas a produção de resultados, que contribuam para o tesouro, para viabilizar o Orçamento do Estado.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com