IATA avião carga

Carga aérea cresceu mais de 11% no mês de Julho

AéreoComentários fechados em Carga aérea cresceu mais de 11% no mês de Julho346
Tempo de Leitura: 2 minutos

Os dados mais recentes da IATA relativos à carga aérea movimentada no mês de Julho mostram que o crescimento do sector que se vinha registando nos últimos tempos não abrandou – antes pelo contrário! Ora, de acordo com a associação, o sector cresceu 11,4% no séptimo mês do ano, quando comparado com o mesmo mês de 2016. Já a capacidade disponível cresceu 3,7%.

A IATA justifica o crescimento elevado na procura com o dinamismo crescente do comércio global, com o aumento das exportações e também com a subida da confiança no sector. Ainda assim, num alerta que vem sendo deixado há algum tempo pela associação, a IATA salienta que este crescimento poderá estar a atingir o pico máximo, razão pela qual se mantém moderadamente optimista em relação aos próximos exercícios.

«O mês de Julho foi excelente para o sector da carga aérea e, pelo terceiro mês consecutivo, os volumes de transporte de mercadorias superaram o aumento nas viagens aéreas», refere o CEO da IATA, Alexandre de Juniac.

África lidera entre a tendência global de crescimento

Por regiões, destaque para o facto de todas as geografias terem registado aumentos homólogos. África foi mesmo a região que mais cresceu (+33,7% na procura e +4,5% na oferta). E notas também positivas para o mercado europeu (+12,1% na procura e +5,5 na capacidade). Segue-se a região Ásia-Pacífico (+11% na procura e +6,3%), a América do Norte (+11,9% na procura e +1,1% na oferta), o Médio Oriente (+9,3% na procura e a oferta a cair 0,4%) e a América Latina (procura a crescer 5,8% e a oferta 4,7%).

No acumulado dos primeiros sete meses de 2017, o crescimento da procura é de 10,6% enquanto que o aumento da oferta é de 3,6%.

 

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com