porto viana do castelo estaleiros

Carlos Martins: Viana do Castelo «voltou a ser uma referência mundial» na construção naval

Marítimo Comentários fechados em Carlos Martins: Viana do Castelo «voltou a ser uma referência mundial» na construção naval 182
Tempo de Leitura: 1 minutos

Na passada Quarta-feira, durante a cerimónia de baptismo do Navio Patrulha Oceânico (NPO) Setúbal, o presidente do grupo Martifer, que detém a West Sea, sub-concessionária dos extintos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), afirmou que a construção naval que se faz naquela cidade «voltou a ser uma referência mundial».

O Navio Patrulha Oceânico é o segundo construído pela West Sea para a Marinha portuguesa – o contrato assinado há mais de três anos, frisou Carlos Martins, dotou a empresa de «experiência e conhecimento necessários para já estar a apresentar propostas comerciais para a construção de navios semelhantes para outros países». A cerimónia contou com a presença do Ministro da Defesa, João Cravinho.

«A construção naval aqui representada neste estaleiro está viva, forte e capaz», frisou Carlos Martins

Citado em primeira mão pela Lusa, Carlos Martins adiantou que a construção dos dois NPO «ajudou a fazer nascer a capacidade de construir navios em Portugal», realçando a competência e qualidade do projecto e da construção – «A construção naval aqui representada neste estaleiro está viva, forte e capaz. Por isso, estamos a trabalhar para podermos ser contemplados com mais contratos como este«, referiu.

Carlos Martins garantiu ainda que a West Sea «está pronta para aceitar novos desafios que entendam confiar-lhe», lembrando que desde 2014, ano em que o grupo Martifer tomou os destinos da sub-concessão daqueles estaleiros navais, «já foram reparados mais de 200 navios, construídos 16, estando outros seis em construção».

Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com