CHEP

CHEP Portugal adere ao projecto de sustentabilidade ‘Lean & Green’ da GS1 Portugal

Empresas, LogísticaComentários fechados em CHEP Portugal adere ao projecto de sustentabilidade ‘Lean & Green’ da GS1 Portugal306
Tempo de Leitura: 3 minutos

A CHEP Portugal juntou-se à GS1 Portugal ao aderir ao projecto Lean & Green, um programa de certificação das iniciativas de auto-regulação adoptadas por empresas e organizações com vista à redução das emissões de dióxido de carbono inerentes à respectiva operação logística.

Aposta na «consolidação» do compromisso para com a sustentabilidade

«Ao juntar-se à GS1 Portugal, no âmbito do programa Lean & Green, a CHEP passa a integrar uma comunidade com mais de 600 empresas, o que potencia as oportunidades de colaborar em projectos que visem gerar soluções mais sustentáveis para o Planeta. A adesão ao programa permite-nos estar mais próximos das empresas, dando-lhes acesso a ferramentas úteis e à experiência de muitos profissionais, com inputs relevantes que irão permitir melhorar a sua cadeia de abastecimento», declarou Ana Paula Sardinha, Country Manager da empresa de soluções logísticas.

Citada por um comunicado, a responsável frisa que «com a crescente importância das alterações climáticas, é urgente criar este espaço para reunir o máximo de organizações, informação e soluções em prol da consolidação do seu compromisso com a sustentabilidade, mostrando-lhes que a eficiência da sua cadeia de abastecimento pode e deve estar interligada com os seus objectivos de negócio». A CHEP junta-se a empresas como a Delta Cafés e a Nestlé Portugal, premiadas em 2020 com uma estrela pela redução, no último ano, de 20% das suas emissões de CO2 através do programa.

«É com enorme satisfação que a GS1 Portugal acolhe a CHEP»

«É com enorme satisfação que a GS1 Portugal acolhe a CHEP no programa Lean & Green. Esta adesão é indicadora de uma tendência cada vez mais notória de afirmação do papel central da sustentabilidade na estratégia e no plano operacional das empresas. A comunidade empresarial portuguesa, que a GS1 Portugal se propõe servir na qualidade entidade facilitadora de informação e parceira de confiança, está cada vez mais empenhada em contribuir para a sustentabilidade, sendo a respectiva pegada de carbono uma métrica considerada fundamental. Só esta assunção de co-responsabilidade colectiva e sentido de compromisso permitirão a real adopção do Pacto Ecológico Europeu e do Plano de Nação Meta Climática 2030, que prevê reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em, pelo menos, 55% até 2030, colocando a Europa numa trajectória que deverá conduzir à neutralidade carbónica até 2050», comentou João de Castro Guimarães, Director Executivo da GS1 Portugal.

«O programa Lean & Green dá, nesse sentido, um contributo muito relevante ao premiar empresas que se proponham reduzir emissões de dióxido de carbono inerentes à sua operação logística, gradualmente, mas começando numa meta mínima, ambiciosa, de 20%. É com sentido verdadeiro sentido de missão que representamos este programa em Portugal e tudo faremos para mobilizar a comunidade empresarial portuguesa para estes objectivos», acrescentou João de Castro Guimarães. O programa Lean & Green é uma iniciativa europeia que a GS1 Portugal representa em Portugal e que tem como objectivo final acrescentar um contributo relevante para a prossecução das metas definidas no Acordo de Paris, reduzindo ao máximo a respectiva pegada carbónica. Por cada patamar alcançado, as empresas são premiadas com uma estrela.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
ptPortuguês
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com