Ciber-vírus Petya causa impacto de 600 milhões de dólares na FedEx

Logística Comentários fechados em Ciber-vírus Petya causa impacto de 600 milhões de dólares na FedEx 437
Tempo de Leitura: 1 minutos

O ciber-vírus Petya continua na ordem do dia, mesmo tendo passado já várias semanas desde o pico da sua actividade: depois da transportadora marítima Maersk Line ter feito contas aos prejuízos provocados pelo flagelo digital que assolou variadas multi-nacionais, é a vez da norte-americana FedEx avaliar as perdas sofridas devido ao ‘ransomware’, que afectou particularmente a sua subsidiária TNT Express.

Ciber-vírus terá impacto máximo de 600 milhões de dólares

O vírus, que atacou nos últimos dias de Maio, estagnou os processos de várias empresas, fazendo-as recuar no tempo e obrigando-as a abdicar dos procedimentos digitais em prol dos manuais. Em Julho passado, a TNT Express dava conta da precariedade à qual os seus dados foram devotados após o ataque do Petya, aludindo mesmo a danos potencialmente irreversíveis no sistema de gestão de dados. Agora, a FedEx revela que o impacto económico poderá quantificar-se entre os 400 e os 600 milhões de dólares.

Os resultados do próximo trimestre serão certamente afectados pelas perdas estimadas, mas, ao que tudo indica, o desempenho económico da FedEx não deverá, em termos estruturais, ser abalado no médio-longo prazo; já a TNT, que tem atravessado um duro período de restabelecimento, deverá registar perdas avultadas.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com