conectividade porto de xangai

Drewry: Índice de conectividade é tão essencial quanto o tamanho ou escala de um porto

Marítimo Comentários fechados em Drewry: Índice de conectividade é tão essencial quanto o tamanho ou escala de um porto 458
Tempo de Leitura: 2 minutos

Na sua mais recente edição do documento ‘Ports and Terminals Insight’, a consultora Drewry debruçou-se sobre o seu índice de conectividade portuária de modo a analisar e hierarquizar o grau de eficiência dos portos (nomeadamente aqueles com terminais de contentores de grande capacidade) nas suas ligações ao tráfego das operadoras marítimas regulares. A conclusão foi taxativa: O tamanho não é tudo – ou seja, também os portos de dimensões reduzidas podem, de modo eficaz, oferecer soluções atractivas às transportadoras.


Conectividade portuária «é tão importante quanto o tamanho ou a escala»

Numa altura em que os apelos ao investimento infra-estrutural dos portos se sucedem – na tentativa de suprir as necessidades dos novos ULCV’s – o documento relembra que o índice de conectividade de um porto é um aspecto essencial a ter em conta, tanto para as operadoras marítimas como para os carregadores. Alerta a Drewry para o facto de um porto de grandes dimensões poder, apesar do seu tamanho, deter um índice de conectividade similar ao de um porto de menores dimensões que possua uma similar gama de serviços.

«Para os carregadores, a conectividade portuária é tão importante quanto o tamanho do porto ou da sua escala. Ter a maior gama possível de serviços directos é uma vantagem competitiva significativa para todos os portos», explica a consultora londrina.

Porto de Xangai lidera índice de conectividade dominado pela Ásia

No ranking apresentado, o porto chinês de Xangai lidera a tabela (conectando-se a todas as partes do globo e oferecendo 168 serviços semanais), sendo os restantes oito lugares do top-10 também preenchidos por portos asiáticos. Na décima posição surge o Porto de Roterdão, com um terço do índice de conectividade apresentado por Xangai.

O índice de conectividade explicitado pela Drewry define-se pela capacidade dos carregadores que utilizam o porto de aceder directamente a uma maior variedade de origens e destinos. O seu grau foi determinado, como explica a consultora no documento ao qual a Revista CARGO teve acesso, pela combinação do número de rotas e do número de serviços principais efectuados por semana.


Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com