Conectividade via satélite: Iridium dará cobertura à automação marítima da Rolls-Royce

Marítimo Comentários fechados em Conectividade via satélite: Iridium dará cobertura à automação marítima da Rolls-Royce 592
Tempo de Leitura: 3 minutos

A Iridium assinou um compromisso (Carta de Intenção) com a companhia Rolls-Royce com o intuito de apoiar a persecucção da implementação dos navios autónomos no mercado global. As duas companhias trabalharão em sintonia para explorar as potencialidades da incorporação do serviço de banda larga por satélite da Iridium (o ‘Iridium Certus’) na área de Ship Intelligence solutions da Rolls-Royce Marine (RRM).



Tal passo permitirá à RRM ter uma banda larga com elevada capacidade, resiliente e confiável, que poderá servir como uma opção autónoma ou um backup de alto desempenho, ao mesmo tempo em que expande o alcance de embarcações autónomas para todos os cursos de água do mundo. Na condição de líder no movimento de embarcações autónomas, a RRM pretende incrementar ainda mais a fiabilidade e variedade de soluções integradas na vertente autónoma do transporte marítimo do futuro.

De acordo com a RMM, as suas soluções fornecem acesso remoto a operadores e centros de controle onshore, oferecendo conectividade e automação em tempo real. Segundo afirmou a companhia, esta é uma parte estratégica do futuro da indústria marítima, numa altura em que o tema dos navios autónomos está a ser analisado pela IMO: durante os próximos meses assistiremos à definição do ambiente regulatório e graus de autonomia dos MAAS, como a Revista Cargo corroborou em entrevista à Eng. Conceição Gallis (DGRM).

Parceiro ideal: Iridium complementa «estratégia de conectividade» da RMM

Os recursos oferecidos pelo serviço ‘Iridium Certus’ ajudarão a agilizar a gestão das operações das embarcações, seja para comando e controlo, diagnósticos do motor, informações de rastreio ou outros processos internos, assim contribuindo para uma experiência simples, segura e confiável. «Ao avaliar parceiros para os nossos programas de desenvolvimento de embarcações autónomas, a Iridium está a complementar a nossa estratégia de conectividade», disse Kenneth Solberg, gestor de produtos da Rolls-Royce Marine.

«A sua nova rede de satélites inter-conectados de órbita terrestre baixa (sigla inglesa LEO) é capaz de fornecer cobertura global com baixas latências para embarcações costeiras e oceânicas, e ao mesmo tempo ter a robustez da banda L. Sendo um actor verdadeiramente global, incluindo regiões polares, os proprietários de navios terão a confiança de que, onde quer que eles naveguem, eles permanecerão conectados», complementou.

«A constelação da Iridium é uma rede ideal para suportar embarcações autónomas»

«Permitir a digitalização da navegação está no centro da nossa estratégia para o nosso negócio marítimo, e estamos orgulhosos de termos começado a explorar esta oportunidade com a Rolls-Royce Marine”, disse Wouter Deknopper, vice-presidente da divisão marítima da Iridium. «A constelação da Iridium é uma rede ideal para suportar embarcações autónomas, devido à sua resiliência inerente, mobilidade e cobertura verdadeiramente global. Apoiar a revolucionária iniciativa de embarcação autónoma da RRM é um próximo passo natural e emocionante que estamos totalmente preparados», rematou.

Recorde-se que a Iridium opera a maior e única constelação de satélites comerciais móveis do mundo, composta por 66 satélites LEO interligados que fornecem uma cobertura global.



Photo: Iridium

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com