Continental e Universidade de Darmstadt aplicam ‘Machine-Learning’ na assistência ao condutor

Terrestre Comentários fechados em Continental e Universidade de Darmstadt aplicam ‘Machine-Learning’ na assistência ao condutor 298
Tempo de Leitura: 4 minutos

A Continental e a Universidade Técnica de Darmstadt desenvolveram um sistema de machine-learning para veículos, desenhado para auxiliar os condutores no tráfego urbano, instalando-o, depois, num protótipo.

Como explica a Continental, através de uma missiva à qual a Revista Cargo acedeu, «os dados dos sensores de radar ajudam os condutores a avaliar a situação do trânsito ao virar à esquerda, na entrada em rotundas ou em intersecções com prioridade à direita. Os algoritmos criam um perfil do condutor permanentemente actualizado com base numa série de dados do veículo, permitindo-lhes adaptarem as recomendações de manobras de condução fornecidas pelo City Assistant System» – a revolução 4.0 ao serviço da mobilidade, de cargas e pessoas.

«O objectivo da colaboração entre os nossos institutos e a Continental passou pela utilização dos sistemas adaptativos como forma de desenvolver soluções que ainda não foram abordadas devido à falta de adaptabilidade. Os resultados do nosso trabalho irão possibilitar o aumento da segurança dentro do veículo e para os outros condutores«, explicou Hermann Winner, director do Instituto de Engenharia Automotiva da TU Darmstadt.

Inteligência Artificial: um trunfo cada vez mais importante para os veículos

Detalha a Continental, que os test-drives extensivos com avaliadores «mostraram que os algoritmos utilizados no City Assistant System permitem tirar conclusões sobre o estilo de condução dentro de três a cinco manobras de condução». Desta feita, o sistema pode «atribuir o condutor a um ou mais grupos de perfis de condução, o que significa que o City Assistant System pode oferecer recomendações de condução altamente personalizadas».

Algoritmos eficientes obtidos por machine-learning são, na sua maioria, modelos altamente complexos que, na sua forma original e como uma caixa negra, são difíceis de interpretar ou não podem ser interpretados pelos humanos. «Este facto apresenta desafios particulares para garantir a fiabilidade dos sistemas avançados de assistência ao condutor e é por isso que uma estratégia de aprovação de segurança foi desenvolvida como parte do processo de selecção de algoritmos para sistemas avançados de assistência ao condutor», frisa a Continental.

Sistema adaptável a diferentes perfis de condução aumenta a segurança da condução

Com base no perfil de condução, o sistema supervisiona os intervalos de tempo para recomendações de condução – por exemplo, com o assistente de viragem à esquerda. Isto determina o tamanho dos intervalos no trânsito que se aproxima de uma viragem à esquerda com base nos dados sobre a posição do veículo, bem como a velocidade e a distância entre os veículos que se aproximam. A detecção de objectos é realizada por radares de longo e curto alcance prontos para produção instalados nas laterais do veículo.

No tráfego intenso, o City Assistant System reduz o stress gerado no processo encontrar espaços e informa o condutor quando um intervalo suficientemente grande se aproxima. O valor mais baixo com intervalos menores no tráfego próximo aplica-se a um estilo de condução mais dinâmico, enquanto o valor superior se aplica a condutores extremamente defensivos.

Outra tarefa complexa para o City Assistant System é lidar com intersecções com prioridade à direita. Aqui, o sistema começa por reconhecer, a partir de um mapa, GPS e dados de localização auto-determinados, que o condutor se está a aproximar da intersecção. Com a ajuda da câmara interna, o sistema analisa se o condutor detectou tráfego de entrada ao qual deve ser dada prioridade. O sistema verifica se o condutor virou de facto a cabeça para a direita na intersecção e registou o outro veículo; esse processo de registo de outros utilizadores da estrada leva de 250 a 500 milissegundos.

Rumo a um «futuro sem fatalidades» e a um transporte de pessoas e mercadorias mais eficiente

«De realçar que todos estes sistemas desempenham um papel fundamental para alcançar os objectivos definidos no projecto Vision Zero: um futuro sem fatalidades, sem feridos e sem acidentes nas estradas. Em conjunto com os seus diversos parceiros da indústria, a Continental trabalha diariamente no desenvolvimento de tecnologias que apoiam e tornam a condução mais segura, tornando a mobilidade mais segura, mais eficiente e mais sustentável», declarou a Continental.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com