«Controlo sobre cargas com radioactividade é muito apertado», afiançou Pedro Nuno Santos

Marítimo Comentários fechados em «Controlo sobre cargas com radioactividade é muito apertado», afiançou Pedro Nuno Santos 255
Tempo de Leitura: 2 minutos

Durante a realização, na passada Terça-feira, de uma audição parlamentar conjunta das comissões de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação e Trabalho e Segurança Social, o Ministro das Infra-estruturas assegurou que «o controlo sobre cargas com radioactividade é muito apertado», adiantando que as entidades responsáveis não detectaram qualquer vestígio de radioactividade na carga de um navio oriundo da Rússia. Em causa está uma descarga de sucatas, transportadas por um navio oriundo da Rússia, que ocorreu no início deste mês.

Navio proveniente da Rússia sem qualquer radioactividade, garantiu ministro

Pedro Nuno Santos garantiu que «não havia nenhuma radioactividade na carga desse navio» nem «nenhum problema», deixando claro que «o controlo sobre cargas com radioactividade é muito apertada». O governante esclareceu que «foram várias as entidades que depois dessas denúncias foram fiscalizar» – recorde-se que o grupo municipal do Partido Ecologista ‘Os Verdes’ (PEV) fizeram, no passado dia 9 de Maio, uma denúncia, expressando preocupação com a descarga de sucatas no terminal portuário do Poço do Bispo, em Lisboa.

Segundo reportou a Lusa, o PEV perguntou à autarquia tinha conhecimento de detecção de algum material radioactivo decorrente da descarga e se estariam previstas mais operações semelhantes naquele terminal. Neste seguimento, o Ministério do Ambiente e Acção Climática (MAAC) garantiu, no entanto, que o «risco é reduzido» e que o «terminal [do Poço do Bispo] possui pórticos para detecção de radiação, ou seja, caso se encontre algum material radioactivo nos camiões que transportarão a sucata metálica estes serão detectados à saída do terminal e o seu transporte cancelado».

Recorde-se que Pedro Nuno Santos esteve, na passada Terça-feira, na audição parlamentar conjunta das comissões de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação e Trabalho e Segurança Social, na qual abordou o tema da insolvência da A-ETPL e da instabilidade laboral no porto da capital. O governante dissertou ainda sobre a relação cidade-porto, caracterizando, em Lisboa, de «milenar».

Com Lusa

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com