Carlos Vasconcelos Medway

CONVEL: impasse persiste e impede Medway de investir «dezenas de milhões de euros»

Logística, Terrestre Comentários fechados em CONVEL: impasse persiste e impede Medway de investir «dezenas de milhões de euros» 841
Tempo de Leitura: 2 minutos

Intervindo no webinar ‘A Logística e os Portos enquanto “nós” da Intermodalidade’ (organizado pela ADFERSIT), Carlos Vasconcelos apelou a um «consenso nacional» em torno do tema da ferrovia, para que reinem a estabilidade e previsibilidade necessárias para a persecução de um plano coerente de desenvolvimento. As empresas, vincou, estão dispostas a investir, mas, para tal, precisam de saber «com o que é que contam» no futuro. O responsável da Medway deixou ainda críticas ao impasse em torno do sistema CONVEL, que vem impedindo o investimento em locomotivas.

«É tempo de o país ter um amplo consenso nacional à volta da ferrovia»

Medway ferrovia linhas«Nós, portugueses, temos a tendência para estar sempre a querer inventar a roda. Discutimos muito e fazemos pouco. O Conselho Superior de Obras Públicas fez há pouco tempo um estudo – que contou com a participação das autarquias, Ordem dos Engenheiros, Arquitectos, operadores ferroviários e praticamente toda a gente ligada à ferrovia colaborou – onde se elencou um conjunto de prioridades e que congrega um consenso nacional. Não vale a pena fazermos mais um plano estratégico, mais estudos. Já temos aquela base, então, que seja aplicada», começou por dizer.

«É tempo de o país ter um amplo consenso nacional à volta da ferrovia. São investimentos muito pesados, para várias décadas, não podemos estar dependentes de um ciclo eleitoral, dos governos e das maiorias parlamentares. Temos de ter o consenso das principais forças políticas nacionais. Que se comprometam todos, nos próximos vinte anos, a seguir e a executar aquilo que foi acordado. Que não venha um próximo governo e coloque novamente tudo em questão, quando não, dentro do próprio governo, se muda de ministro e lá vem novo plano estratégico, com mais anos e anos de espera», declarou o administrador da Medway, voltando a deixar críticas ao impasse no que toca ao CONVEL (Controlo Automático de Velocidade).

CONVEL: impasse «não há meio de ser resolvido»

«Nós, operadores, quando investimos, estamos a falar em dezenas de milhões de euros em equipamento, e, para isso, precisamos de saber com o que podemos contar. Nós precisamos de comprar – e está decidido – um conjunto significativo de locomotivas e estamos barrados por uma coisa que se chama CONVEL – sistema de segurança – que se anda há anos a discutir e não há meio de ser resolvido. Queremos investir larguíssimas dezenas de milhões de euros em equipamento e esta questão não se resolve», apontou Carlos Vasconcelos.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com