porto aveiro

Inclusão no Corredor Atlântico: Comissão Europeia aprova ligação ferroviária do Porto de Aveiro a França

Terrestre Comentários fechados em Inclusão no Corredor Atlântico: Comissão Europeia aprova ligação ferroviária do Porto de Aveiro a França 442
Tempo de Leitura: 2 minutos

Está aprovada, desde o passado dia 6, a integração da linha ferroviária galega que conecta A Corunha e Palencia no Corredor Atlântico que liga o porto de Aveiro a França. Esta decisão da Comissão Europeia, explicou o Eixo Atlântico, fomentará ainda mais a competitividade da região espanhola, nomeadamente através do «impulso económico» que aportará ao interior da Galiza.



Integração da linha ferroviária fomenta «competitividade» portuária e impulsiona economia da Galiza, diz Eixo Atlântico

De acordo com o jornal ‘Diário de Aveiro’, o organismo Eixo Atlântico (que integra 38 municípios lusos e galegos) enfatizou a carga positiva da decisão da Comissão Europeia, que reside «não só na competitividade dos portos galegos, que podem fazer chegar as suas mercadorias a toda a Europa em tempos competitivos, mas também no impulso económico que levará ao interior da Galiza», cita o jornal regional na sua edição do passado dia 7 de Junho.

Para o organismo, a integração da conexão ferroviária (via Vigo) no troço do Corredor Atlântico que liga o porto de Aveiro e França, será ratificada em menos de um ano. «A partir de 2021, ano em que entra em vigor um novo programa de fundos europeus, o governo espanhol já poderá solicitar o co-financiamento das obras, com a condição de que estejam concluídas até 2030», assinalou o Eixo Atlântico.

Recorde-se que o dossier (acompanhado ao pormenor pela Revista Cargo) da inclusão da linha ferroviária ganhou novos desenvolvimentos após a reunião, a 24 de Maio, do Eixo Atlântico com o coordenador europeu da rede Transeuropeia de Transportes, Carlo Secchi. O Eixo lembra que conseguiu «que o Governo português incluísse na proposta conjunta com o governo espanhol o corredor Aveiro/ Salamanca/Palência/fronteira francesa», na sequência da abertura de um prazo, por parte da Comissão, «para que os governos nacionais pudessem propor alterações ou incorporações às propostas que aprovou a Comissão no ano 2010».



Back to Top

© 2018 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com