Corredor de Nacala vale prémio mundial de Engenharia à Mota-Engil

Terrestre Sem comentários em Corredor de Nacala vale prémio mundial de Engenharia à Mota-Engil 386

A Mota-Engil, através do seu presidente António Mota (em conjunto com Ismael Gaspar e João Neto), venceu o Prémio H.J. Sabbagh Award for Engineering Construction Excellence, atribuído pela World Federation of Engineering Organizations (WFEO), a maior federação de associações de engenheiros do mundo. Em causa estão os trabalhos realizados em África, nomeadamente no Corredor de Nacala, em Moçambique.

No comunicado publicado pela Ordem dos Engenheiros pode ler-se que este ano o «WFEO Awards Committee decidiu distinguir o Presidente do Conselho de Administração da Mota-Engil, Eng. António Mota, pela realização de notáveis projectos de infraestruturas em África, nomeadamente pela construção do “Corredor de Nacala”, tendo, ainda, dentro das respectivas regras, distinguido Ismael Gaspar e João Neto, pelo seus relevantes contributos nesta obra».

O prémio foi entregue no Jantar de Gala da WFEO, que se realizou no dia 1 de Dezembro de 2017, no Hotel Sheraton, em Roma.

Sobre o prémio

A Federação Mundial de Organizações de Engenharia (WFEO) reúne organizações nacionais de engenharia de mais de 90 países e representa cerca de 20 milhões de engenheiros, tendo sido fundada em 1968, sob os auspícios das Organizações das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em Paris.

«Este importante prémio bienal tem como objectivo principal destacar a importância do papel da engenharia no desenvolvimento sustentável», salienta a WFEO.

Leave a comment

Back to Top

Powered by MAEIL
Partilhar
Partilhar