IP linha do norte Infra-estrutura ferroviária

Corredores da Ferrovia 2020 estarão todos em obras durante o decorrer de 2021

Terrestre Comentários fechados em Corredores da Ferrovia 2020 estarão todos em obras durante o decorrer de 2021 1071
Tempo de Leitura: 2 minutos

Segundo as estimativas da proposta de Lei das Grandes Opções para 2021-2025, aprovada na passada Quinta-feira, os corredores previstos no plano Ferrovia 2020 estão todos em obras este ano. «2021 é o ano em que todos os corredores do Ferrovia 2020 estarão em obras», lê-se no documento, que adiciona que «as intervenções em curso e as obras a iniciar durante o ano de 2021 visam assegurar a interoperabilidade ferroviária».

Linha IP Douro Ferrovia IP IP PortugalAs intervenções visam, no que concerne ao transporte de mercadorias, «aumentar a capacidade das linhas, através da construção de estações técnicas, de modo a garantir condições que permitam a circulação diária de maior número de comboios» e «criar condições para a circulação de comboios de mercadorias de comprimento até 750 m e reduzir o tempo de trajecto dos comboios de mercadorias», referem as Grandes Opções (GO).

O documento destaca para o presente ano de 2021, «o início da exploração ferroviária comercial, com comboios eléctricos, na Linha do Minho, entre Nine e Valença, e na Linha da Beira Baixa, no troço entre a Covilhã e a Guarda», assim como diversas outras intervenções. «Encontram-se em curso as obras da nova linha que ligará Évora à fronteira com Espanha, materializando o designado Corredor Internacional Sul», recordam as GO, dando ainda conta de que as «obras de modernização da Linha da Beira Alta no Corredor Internacional Norte continuarão no troço Pampilhosa/Santa Comba Dão e com a consignação das obras nos troços entre Santa Comba Dão e Vilar Formoso».

Calcula-se que «todos os troços da Linha da Beira Alta estejam em obra durante o primeiro semestre de 2021», encontrando-se, por sua vez, «em desenvolvimento os projectos e os procedimentos de contratação de obras com vista à concretização do projecto de Modernização da Linha de Cascais». No que toca aos corredores complementares, espera-se que durante 2021 entre em fase de obra a totalidade das linhas do Oeste e do Algarve», frisando ainda, «no sector ferroviário para os próximos anos, tal como decorre do Programa Nacional de Investimentos 2030 (PNI 2030), o aumento da capacidade e a redução do tempo de viagem ao longo do Eixo Porto – Lisboa, através da construção da nova linha de alta de velocidade».

Fonte: Lusa

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com