COSCO fecha aquisição de 51% da espanhola Noatum Ports por 203,5 milhões de euros

Marítimo Comentários fechados em COSCO fecha aquisição de 51% da espanhola Noatum Ports por 203,5 milhões de euros 726
Tempo de Leitura: 2 minutos

Agora é oficial: a chinesa COSCO Shipping Ports Limited fechou a compra de 51% das acções da espanhola Noatum Ports Holdings, num negócio de 203,5 milhões de euros.

A companhia chinesa ganha assim grande relevo no panorama portuário e logístico espanhol, tornando-se accionista maioritário da Noatum, empresa que gere terminais de mercadorias nos portos de Bilbau, Barcelona, Valência e Santander, para além de terminais ferroviários em Saragoça (NRTZ Zaragoza) e Madrid (Conterail Madrid).

Estratégia de crescimento global

cosco qatarEm comunicado, a COSCO refere que a aquisição se insere na estratégia de «desenvolver uma carteira de terminais globais», ajudando também a «colocar em jogo as sinergias com as frotas de contentores da China COSCO Shipping Corporation Limited».

A entrada em força na Noatum concede à COSCO um posicionamento estratégico no mercado espanhol, no Sul da Europa ou no Mediterrâneo. Da carteira da Noatum faz parte, por exemplo, o maior terminal de contentores do porto de Valência (o NCTV), e um dos três mais importantes no Mediterrâneo. Dali, a COSCO beneficia de um hinterland de 350 quilómetros, penetrando no coração de Espanha e tendo na mira quase 50% do PIB do país vizinho. Neste caso, a COSCO destaca o facto de Valência ser «a porta principal da Península Ibérica e o porto natural de Madrid», estando ainda «bem situado como centro de transhipment do Mediterrâneo ocidental».

Por outro lado, a Norte de Espanha a COSCO fica também na posse do NCTB, o único terminal de contentores do porto de Bilbau. Trata-se de uma das infraestruturas portuárias mais bem preparadas de toda a região atlântica onde se insere, sendo uma importante porta de entrada para o mercado do Norte de Espanha e do Sul e Sudoeste francês.

Já os terminais Conterail Madrid e NRTZ Zaragoza acabarão por ser os complementos no hinterland, ajudando a COSCO a deter toda uma cadeia logística eficiente neste mercado, canalizando até aí e a partir daí tráfegos de e para os portos de Valência e Bilbau.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com