COSCO Shipping Ports alia-se à APM Terminals para alavancar terminal italiano Vado Gateway

Marítimo Comentários fechados em COSCO Shipping Ports alia-se à APM Terminals para alavancar terminal italiano Vado Gateway 294
Tempo de Leitura: 1 minutos

A companhia chinesa COSCO Shipping Ports, subsidiária do gigantesco conglomerado COSCO, penetrou no mercado da gestão de terminais em Itália, ao adquirir 40% das acções da infra-estrutura Vado Gateway, o novo terminal do Porto de Vado Ligure, localizado na província de Savona.

O terminal de contentores espera pelo tiro de partida de uma fase que se espera de ascensão operacional e crescimento: com promessas de altos índices de automatização, a infra-estrutura italiana pretende renascer das cinzas e catapultar o porto italiano para a ribalta, com o suporte de uma sinergia de alto gabarito: a aquisição de 40% do terminal coloca a COSCO a remar para o mesmo lado que a APM Terminals, detida pela Maersk.

Futuro sorridente em Vado Ligure: sinergia COSCO-APM é «ponto de viragem»

Recorde-se que a operadora de terminais, que faz parte do grupo A.P. Moller-Maersk, detém a maioria do capital do novo terminal de contentores em Vado Ligure, enquanto que a parte minoritária (10%) pertence à empresa chinesa Qingdao Port International Development. «A chegada da COSCO aconteceu em boa hora», comentou Monica Giuliano, prefeita de Vado Ligure. O novo terminal Vado Gateway será inaugurado em Dezembro.

Considerado «um ponto importante de viragem» nos destinos do terminal italiano, o investimento da COSCO Shipping Ports na infra-estrutura é encarado por Monica Giuliano como uma chance de «fortalecer» o futuro do terminal, e uma «oportunidade excepcional» que não tem comparação com o que se passa, em termos de gestão e operacionalidade, em outros portos italianos, frisou a prefeita.

 Foto: APM Terminals

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com