Cabo Verde inter ilhas

Criação de Zona Económica Especial Marítima no âmago da cooperação China-Cabo Verde

Marítimo Comentários fechados em Criação de Zona Económica Especial Marítima no âmago da cooperação China-Cabo Verde 493
Tempo de Leitura: 1 minutos

Cabo Verde e China traçam, actualmente, um trajecto de diplomacia que será intensificado já no próximo mês de Setembro, aquando da realização da conferência ministerial China-África, em Pequim. O Executivo de Cabo Verde ambiciona estreitar o relacionamento de cooperação com a China, confirmou o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças Olavo Correia.



Criação da Zona Económica Especial Marítima na lista de prioridades

Este estreitamento de relações prende-se, essencialmente, com a criação da Zona Económica Especial Marítima em São Vicente, revelou ontem Olavo Correia. O ministro enfatizou a cooperação entre os dois países e manifestou a ambição de tornar a cimeira do Fórum de Cooperação China-África, num «marco», a fim de «confirmar o quão excelente é a relação entre a República Popular da China e Cabo Verde».

Cabo Verde recebeu scanners para redução do desembaraço alfandegário

Esta cimeira, afirmou o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, servirá para «melhor aprofundar novos modelos de cooperação futura». As palavras de Olavo Correia foram proferidas durante a cerimónia de entrega de scanners destinados às alfândegas da Praia, Sal e Boa Vista, adiantou a agência noticiosa Inforpress.

O equipamento que reforçará as alfândegas foi providenciado pela China, neste contexto de cooperação – os scanners para bagagens de mão e para contentores ficarão ligados a um centro de controlo de imagens na Alfândega da Praia, permitindo dessa forma a redução do tempo de desembaraço alfandegário, com garantia de segurança.



Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com