gasóleo profissional

«Crise energética»: Governo declara «situação de alerta» e implementa medidas excepcionais

Logística, Terrestre Comentários fechados em «Crise energética»: Governo declara «situação de alerta» e implementa medidas excepcionais 257
Tempo de Leitura: 1 minutos

A paralisação dos motoristas de matérias perigosas continua a estar na ordem do dia: o Executivo, através dos ministros da Administração Interna e do Ambiente e da Transição Energética declararam «situação de alerta» adiantando a implementação de medidas excepcionais para garantir os abastecimentos.

Situação de alerta até ao dia 21 de Abril

De acordo com uma nota do Governo enviada à agência Lusa, a situação de alerta estará em vigor até às 23:59 horas do dia 21 de Abril, fixando «a elevação do grau de prontidão e resposta operacional por parte das forças e serviços de segurança e de todos os agentes de protecção civil, com reforço de meios para operações de patrulhamento e escolta que permitam garantir a concretização das operações de abastecimento de combustíveis, bem como a respectiva segurança de pessoas e bens», pode ler-se.

Executivo reconhece «crise energética»

Na missiva pode ler-se a fixação da «declaração de reconhecimento de crise energética, que acautele de imediato níveis mínimos nos postos de abastecimento, de forma a garantir o abastecimento de serviços essenciais, designadamente para forças e serviços de segurança, assim como emergência médica, protecção e socorro». Entre as repercussões imediatas da greve está a falta de combustível nos aeroportos de Faro e Lisboa. A paralisação continuará, mesmo após a reunião de ontem, que apenas esclareceu os serviços mínimos.

Com Lusa

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com