ctt

CTT aderem ao Pacto de Mobilidade Empresarial para a cidade de Lisboa

Empresas, Logística Comentários fechados em CTT aderem ao Pacto de Mobilidade Empresarial para a cidade de Lisboa 318
Tempo de Leitura: 2 minutos

Os CTT assinaram na passada Segunda-feira o Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa, a convite da Câmara Municipal de Lisboa, do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) e da BCSCD Portugal.

Trata-se de um acordo público, voluntário, livre de encargos e colaborativo, entre a Câmara Municipal de Lisboa e as empresas, com o objectivo de melhorar activamente a mobilidade na cidade de Lisboa, através do desenvolvimento de ações de mobilidade mais ecológicas, seguras e eficientes.

A cerimónia de adesão decorreu esta segunda-feira, dia 9 de Dezembro, no Museu da Carris, em Lisboa, e contou com a presença do CEO dos CTT, João Bento, bem como as restantes 55 empresas e instituições aderentes ao pacto.

Pacto reforça «compromisso dos CTT em matéria de mobilidade sustentável»

Para João Bento, CEO dos CTT, esta adesão «reforça publicamente o compromisso dos CTT em matéria de mobilidade sustentável e de gestão carbónica, numa atitude contínua de envolvimento, transparência e compromisso. Os CTT têm feito um forte investimento não apenas na redução de consumos e desperdício, mas também na electrificação da frota, através da adaptação da nossa rede aos desafios da sustentabilidade e da mobilidade urbana, e realizando compensação carbónica das emissões. Com a assinatura deste pacto unimos esforços, partilhamos conhecimentos, e, em conjunto, contribuímos para uma cidade mais sustentável».

O Pacto de Mobilidade Empresarial para a Cidade de Lisboa prevê várias medidas de promoção e implementação de soluções de mobilidade urbana sustentável, que devem contribuir para reduzir emissões e níveis de poluição, promover uma maior eficiência económica e ambiental, ao mesmo tempo que devem contribuir para melhorar a experiência urbana de quem vive e visita as cidades.

Assenta essencialmente em três pilares de actuação: optimizar e descarbonizar as operações e as frotas das empresas que subscrevem o compromisso; promover a integração e a conectividade multimodal colectiva, aumentando a mobilidade partilhada e activa para reduzir o congestionamento e promover a descarbonização dos transportes; e fomentar o crescimento da cultura de transporte multimodal colectivo e inclusivo.

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com