CTT

CTT passam a efectuar entregas de encomendas feitas na Amazon em Portugal

Empresas, Logística Comentários fechados em CTT passam a efectuar entregas de encomendas feitas na Amazon em Portugal 656
Tempo de Leitura: 2 minutos

De acordo com informação apurada e avançada pela publicação ‘Dinheiro Vivo’, os CTT irão começar a executar entregas de encomendas feitas na Amazon em Portugal – este desenvolvimento chega agora a bom porto, após vários meses de negociação, adianta a publicação.

Acordo obtido pelos CTT mimetiza cooperação alcançada pela Correos em Espanha

O acordo, frisa o ‘Dinheiro Vivo’, estava em negociação desde o Verão de 2018 – à data, o então CEO dos CTT, Francisco Lacerda, não escondia a intenção de replicar em Portugal a parceria do operador postal com a Amazon em solo espanhol. O intento foi agora concretizado sob a liderança de João Bento. Adianta o jornal que o acordo agora firmado tem a duração de três anos, estendendo-se a todas as categorias de produto.

Recorde-se que, na recta final do passado mês de Março, a espanhola Correos e a gigante mundial do e-commerce Amazon assinaram um acordo de três anos com o objectivo de proporcionar aos clientes da Amazon em Espanha um serviço de encomendas «ainda mais rápido e confiável», sendo fruto da colaboração «contínua» que Amazon e Correos vêm realizando no decorrer dos últimos anos, como explicou, à data, a Correos.

Os Correios passam assim a ser um dos parceiros de entregas da empresa de e-commerce no mercado nacional, reforçando a área de negócio de expresso e encomendas. Recorde-se que os CTT alcançaram outra meta, pela qual vinham lutando: a distribuição das raspadinhas e lotarias no país em mais de cinco mil pontos de venda, na sequência de um acordo obtido com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. A entrega era, até ao presente, assegurada pela Urbanos Express, entretanto encerrada pelo grupo Urbanos.

Até Junho o segmento de expresso e encomendas representou 72,8 milhões de receitas, de um total de 355 milhões de euros de proveitos operacionais registado pelo operador postal no período. Deste montante, 45,9 milhões foram obtidos em Portugal (+3,9%), tendo sido transportados 9,8 milhões de objectos (+4,1%), sobretudo devido ao tráfego vindo do mercado externo, detalha ainda o ‘Dinheiro Vivo’.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com