ctt

CTT: segmento ‘Expresso e Encomendas» em destaque no primeiro semestre de 2020

Empresas, Logística Comentários fechados em CTT: segmento ‘Expresso e Encomendas» em destaque no primeiro semestre de 2020 374
Tempo de Leitura: 4 minutos

Os CTT – Correios de Portugal atingiram rendimentos operacionais de 349,2 milhões de euros no final do primeiro semestre, com crescimento em todas as áreas de negócio excepto a de Correio, mesmo em contexto de pandemia de COVID-19. No segundo trimestre de 2020, informou a empresa, a área de Expresso e Encomendas registou o valor de rendimentos mais alto de sempre e o maior EBITDA dos últimos cinco anos.

‘Expresso e Encomendas’ com crescimento de +16,9%

A contribuir para os rendimentos operacionais estiveram as áreas de negócio de Banco CTT (63% acima do período homólogo do ano passado), Expresso e Encomendas (+16,9%) e Serviços Financeiros e Retalho (+1,2%), levando a que a redução nos rendimentos operacionais, devido à queda do Correio e Outros, fosse de 1,6% face ao primeiro semestre de 2019. O EBITDA atingiu 33,4 milhões de euros, o que representa uma queda de 28% face ao mesmo período de 2019, fortemente impactado pelo Correio e Outros. As restantes áreas de negócio cresceram no primeiro semestre de 2020 e, em junho, o EBITDA consolidado já voltou a crescer (+7,9%), continuando a robusta trajectória iniciada em Janeiro e Fevereiro de 2020.

Já a área de Expresso e Encomendas registou o melhor trimestre de sempre em termos de rendimentos, atingindo 47,8 milhões de euros. O EBITDA de 2,2 milhões de euros nesta área de negócio no segundo trimestre de 2020 representa o melhor trimestre dos últimos 5 anos. De destacar a performance em Portugal, com um EBITDA de 3,5 milhões de euros. O resultado líquido foi de -2 milhões de euros, que compara com +9 milhões de euros no primeiro semestre de 2019, impactado pela evolução negativa do EBIT, detalhou a empresa.

Correio: área «muito afectada pelo confinamento»

A área de negócio de Correio foi muito afectada pelo confinamento e pelo arrefecimento da economia desde a segunda metade do mês de Março até maio, em consequência da COVID-19. Esta situação implicou a redução do horário de funcionamento das lojas dos CTT que se traduziu numa menor procura de serviços B2C. Também no segmento B2B se verificou uma redução da actividade, com particular destaque para os sectores da banca e utilities e, ainda, da Administração Pública pelo encerramento ou suspensão da actividade de diversos organismos públicos e preparadores de correio. Assim, os rendimentos operacionais de Correio registaram uma queda de 13,7%, para 202,8 milhões de euros.

Os rendimentos operacionais de Expresso e Encomendas atingiram 85,1 milhões de euros no primeiro semestre de 2020, crescendo 12,3 milhões de euros (+16,9%) face ao período homólogo de 2019. No segundo trimestre de 2020 alcançaram 47,8 milhões de euros, um aumento de 11,7 milhões de euros (+32,5%) face ao trimestre homólogo de 2019, que evidencia o forte crescimento conseguido neste período, em que a empresa aumentou de forma consistente e significativa as entregas B2C.

CTT: segmento B2C «ficou marcado pelo efeito da pandemia»

CTTJá no que se refere ao B2B, o primeiro semestre de 2020 ficou muito marcado pelo efeito da pandemia, observando-se que o final do mês de Março e o início do mês de Abril foram particularmente afectados pelas restrições impostas à maior parte dos sectores da economia, explicou a empresa. Essas restrições «tiveram um forte impacto no perfil de envios, tendo-se verificado uma redução do tráfego B2B, quer de encomendas quer de carga, ainda que, em contraponto, se tenha assistido a um forte crescimento da actividade de e-commerce», acrescenta.

O crescimento na área de negócio de Expresso e Encomendas obtido em Portugal resultou, pois, de um conjunto de iniciativas lançadas pelos CTT procurando acelerar e alavancar soluções que ajudassem a estimular a recuperação da actividade perdida e criando oportunidades de crescimento, nomeadamente os serviços CTT Comércio Local, Criar Lojas Online, entrega de medicamentos ao domicílio ou CTT Expresso para Hoje, entre outros.

Segundo analisa a empresa, «o Expresso e Encomendas deverá manter-se como o principal motor de crescimento, impulsionado pela continuada progressão do comércio electrónico, em aproximação da média dos mercados desenvolvidos, e pelo contínuo aumento de quota de mercado».

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com