carga aérea

Dados da IATA: tráfego de carga aérea sobe 4% entre Janeiro e Agosto na Europa

Aéreo Comentários fechados em Dados da IATA: tráfego de carga aérea sobe 4% entre Janeiro e Agosto na Europa 340
Tempo de Leitura: 2 minutos

O tráfego de carga aérea mantém-se nas nuvens: de acordo com os dados mais recentes divulgados pela IATA, este segmento manteve-se na rota do crescimento até Agosto, no que ao mercado europeu diz respeito. O outlook positivo espalha-se a todo o globo, com crescimentos em todas as regiões.

Europa com subida de 4% e quota global de 24,2%

Informa a IATA que se denotou um crescimento (medido em toneladas de cargas transportadas por quilómetro) de 4% entre Janeiro e Agosto de 2018, ao passo que em termos de toneladas de carga disponíveis por quilómetro o aumento da actividade fixou-se nos 4,8%. O continente europeu gera, actualmente, 24,2% do tráfego mundial de carga aérea, acrescentou o organismo.

Assim, o tráfego global de carga aérea cresceu 4% e a capacidade de carga, por sua vez, aumentou 4,8% – a IATA atribuiu este crescimento ao aumento da confiança dos consumidores, à melhoria do ciclo de investimento global e  também ao crescimento do comércio internacional.

Cenário encorajador…mas ainda sob a neblina das guerras comerciais, lembrou Alexandre de Juniac

Apesar do cenário ser positivo e encorajador, Alexandre de Juniac, director-geral e CEO da IATA, manteve-se cauteloso quanto aos desenvolvimentos da guerra comercial China-EUA e os adjacentes riscos de um corrente de proteccionismo, capaz de prejudicar o comércio global e o frete aéreo. Para Alexandre de Juniac, é preciso ter em conta «o risco» destes tumultos, derivados «da recente escalada das tensões comerciais e do e alongamento dos prazos de entrega».

Todas as regiões denotaram crescimentos homólogos

Todas as regiões aumentaram sua actividade nos primeiros oito meses do ano, com a América Latina a sentir o maior aumento (situado nos 8%). Actualmente, esta região concentra 2,7% da actividade mundial. A capacidade de carga nesse mercado cresceu a um ritmo de 1,1% entre os meses de Janeiro e Agosto.

Depois do crescimento de 8% da América Latina segue-se a América do Norte, um mercado que viu o seu volume de carga aumentar 4,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. Da mesma forma, as toneladas de carga transportadas por quilómetro subiram 4,1%. A IATA destacou a dinâmica recente da economia dos EUA e os fluxos comerciais fortes vindos do outro lado do Atlântico, que têm ajudado a fortalecer a procura por carga aérea.

Região Ásia-Pacífico responsável por 37% do tráfego de carga aérea

Quanto à região do Oriente Médio, registou um aumento de 4,1% no período analisado e a capacidade de transporte cresceu 5,6%. Actualmente, a participação de mercado dessa região é de 13,7%. Com uma quota de 37% do mercado, está a região Ásia-Pacífico – a actividade aumentou 3,7% nestes oito meses. No continente africano, o tráfego de carga aérea denotou uma melhoria na actividade de 0, 3% até Agosto, e as toneladas de carga disponíveis por quilómetro atingiram aumento de 1,6%.

 

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com