De «duros como o aço» a prontos para suspender a greve em 4 horas: SNMMP quer «renegociar»

Terrestre Comentários fechados em De «duros como o aço» a prontos para suspender a greve em 4 horas: SNMMP quer «renegociar» 283
Tempo de Leitura: 2 minutos

De manhã, reagindo à saída do SIMM do palco da greve, Francisco São Bento (presidente do SNMMP), vincou com assertividade que os membros afectos ao sindicato dos motoristas de matérias perigosas estavam «duros como o aço» e que em nada a desconvocação da paralisação por parte do SIMM enfraqueceria a luta dos trabalhadores. Quatro horas depois, em comunicado, o SNMMP já admite a suspensão temporária da greve e a renegociação com a ANTRAM, considerando que «face à nomeação, hoje, de um mediador da DGERT para dar início às negociações com a ANTRAM, entendeu que estão criadas as condições necessárias para todas as partes se sentarem à mesa», cita a Lusa.

Mediador nomeado? Governo rejeita tese do SNMMP

De acordo com o comunicado do sindicato, a greve ficará suspensa temporariamente até Domingo, dia do próximo plenário, partindo do pressuposto que haverá reunião nas próximas horas. O levantamento da greve surge, diz o SNMMP, na sequência da nomeação de um mediador da DGERT, algo que já foi desmentido pelo próprio Governo. «Queremos deixar claro ao país e às partes que sempre estivemos de boa-fé neste processo, anunciamos, desde já, a suspensão temporária da greve a partir da hora de início da reunião a ser convocada pelo Governo», comunicou o SNMMP. A suspensão «produzirá os seus efeitos até ao Plenário Nacional de Motoristas de Cargas Perigosas, marcado para o próximo Domingo».

Recorde-se que, de manhã, Francisco São Bento havia declarado que não haveria interrupção da greve para que as negociações com a ANTRAM se realizassem, uma posição repudiada desde início pela associação dos patrões. Agora, com o pressuposto da nomeação de um mediador por banda do Executivo, a greve vai mesmo ser suspensa para que se dê início à conversação. Resta saber quais serão as reacções da ANTRAM e do próprio Governo. A greve dos motoristas arrancou no passado dia 12 de Agosto, e, recorde-se, foi alvo de requisição civil.

 

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com