Deutsche Post DHL

Deutsche Post DHL quadruplica resultados no 1º trimestre e eleva expectativas para 2021

Empresas, Logística Comentários fechados em Deutsche Post DHL quadruplica resultados no 1º trimestre e eleva expectativas para 2021 108
Tempo de Leitura: 3 minutos

O Grupo Deutsche Post DHL, líder mundial em serviços de correio e logística, continuou a crescer no primeiro trimestre de 2021.

O Grupo aumentou significativamente as suas receitas em 22% para 18,9 mil milhões de euros. O lucro operacional (EBIT) mais do que triplicou para 1,9 mil milhões de euros, tornandose assim «o trimestre de abertura mais forte de sempre», vincou o grupo, via comunicado.

Grupo Deutsche Post DHL alcançou «melhor primeiro trimestre de sempre»

Todas as cinco divisões do Grupo Deutsche Post DHL conseguiram aumentar de forma o seu EBIT. O Grupo acabou por superar ligeiramente os valores trimestrais preliminares partilhados em Abril. «Com o seu vasto portefólio de serviços logísticos, o Grupo Deutsche Post DHL beneficiou do forte momento que o ecommerce global atravessa e simultaneamente da recuperação do comércio mundial», frisa o comunicado.

Com base nos bons resultados, o Grupo elevou as suas metas de curto e médio prazo: para 2021, o Grupo espera um EBIT superior a 6,7 mil milhões e um fluxo de caixa superior a 3 mil milhões de euros. Para 2023, a empresa prevê um EBIT superior a 7 mil milhões de euros.

«Alcançamos o melhor primeiro trimestre de sempre e conseguimos demonstrar toda a nossa força enquanto Grupo. Todas as cinco divisões estão no caminho certo para continuarem a crescer e estão idealmente posicionadas para beneficiar do crescimento contínuo do ecommerce e do ressurgimento do comércio global. Os nossos 570.000 colaboradores estão a operar as nossas redes de forma mais eficiente do que nunca. Este cenário deixame optimista sobre o futuro», reagiu, citado por comunicado, Frank Appel, CEO do Grupo Deutsche Post DHL.

Metas a curto e médio prazo aumentaram significativamente

Com base nestes resultados, o Grupo aumentou significativamente a sua expectativa para o ano fiscal decorrente e as suas metas de médio prazo: para 2021, o Grupo espera que o EBIT aumente para mais de 6,7 mil milhões de euros (antes: acima dos 5,6mil milhões) e o fluxo de caixa para mais de 3 mil milhões de euros com um capex bruto no valor de cerca de 3,8 mil milhões de euros (antes: cerca de 3,4 mil milhões).

Para 2023, o Grupo Deutsche Post DHL prevê um EBIT superior a 7 mil milhões de euros. Esta evolução reflecte-se também numa previsão acrescida de um fluxo de caixa acumulado de cerca de 9 mil milhões de euros (antes: 7,5 mil milhões para 8,5 mil milhões) de 2021 a 2023. Para o mesmo período, o Grupo irá agora investir cerca de 11 mil milhões de euros (antes: 9,5 a 10,5 mil milhões) nas suas redes de trabalho.

«Devido aos investimentos estratégicos nas nossas redes de trabalho, estamos hoje em condições de beneficiar do aumento da procura, melhorando simultaneamente a nossa eficiência. Contamos com um maior crescimento nos próximos trimestres, mesmo com as taxas de crescimento a normalizaremse. Por conseguinte, estamos a intensificar os investimentos nas nossas infraestruturas para podermos continuar a servir de forma optimizada volumes de expedição mais elevados», comentou ainda Frank Appel.

Progresso sustentado e substancial alcançado no fluxo de caixa

No primeiro trimestre de 2021, o fluxo de caixa operacional do Grupo mais do que triplicou para mais de 2,5 mil milhões de euros (Q1 2020: 750 milhões de euros). A situação financeira melhorou novamente com um fluxo de caixa de 1,2 mil milhões de euros (Q1 2020: 409 milhões de euros). Para além do desempenho positivo nos ganhos, verificouse uma menor saída de caixa de 664 milhões de euros, proveniente da alteração do capital de exploração, que teve também um efeito positivo, explicou o grupo.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com