DGRM dragagens

DGRM arranca execução do contrato plurianual de dragagens dos portos do norte

Marítimo Comentários fechados em DGRM arranca execução do contrato plurianual de dragagens dos portos do norte 247
Tempo de Leitura: 2 minutos

A Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) revelou, em comunicado, que arranca esta semana os trabalhos da empreitada de dragagens nos portos do norte, após visto do Tribunal de Contas e consignação dos trabalhos do contrato.

Contrato plurianual de dragagens fixado nos 4,1 milhões de euros

Os primeiros trabalhos dizem respeito aos levantamentos de actualização dos dados de batimetria em Póvoa de Varzim, depois Vila do Conde e, finalmente, em Esposende, no sentido de se conhecer o exacto ponto de situação dos sedimentos nestes portos. Com base nos resultados consolidados dos levantamentos, arrancarão as dragagens com duas dragas, uma nos portos de Póvoa de Varzim e Vila do Conde e uma segunda em Esposende.

Será colocado em execução o primeiro contrato plurianual de dragagens da DGRM, aplicável aos portos do norte, num valor de 4,1 milhões de euros e para um horizonte temporal 2021-2023. A dotação orçamental é 100% proveniente do Orçamento de Estado. No porto de Vila Praia de Âncora ainda decorrem as dragagens com base na parceria entre DGRM e Polis Norte – o novo contrato plurianual só em 2022 contemplará obras para este porto.

Modalidade de contratação plurianual «apresenta vantagens significativas»

«A modalidade de contratação plurianual apresenta vantagens significativas de gestão e para a segurança da navegação nos portos em causa, uma vez que permite uma maior dotação orçamental, uma maior quantidade de sedimentos a dragar, melhor planeamento plurianual dos trabalhos e mais previsibilidade nas operações e actividades», salientou, no comunicado – ao qual a Revista Cargo acedeu – a DGRM.

«Com a programação plurianual, beneficiam, acima de tudo, os clientes destes portos, uma vez que passam a ter mais dias de operação durante o ano e mais segurança marítima nas saídas para o mar e regresso a porto, sendo também um importante passo na implementação do Plano Nacional de Dragagens elaborado pela DGRM em parceria com o LNEC», frisa ainda a DGRM no seu comunicado.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com