DHL F1

DHL e a Logística da F1: 1400 toneladas de carga sensível para mais de 20 corridas

Empresas, Logística Comentários fechados em DHL e a Logística da F1: 1400 toneladas de carga sensível para mais de 20 corridas 388
Tempo de Leitura: 2 minutos

Conduzir um modelo da F1 é tarefa ao alcance de poucos – mas os desafios nos bastidores de um grande prémio de Fórmula 1 são, também, duros e apenas para os mais aptos, e os números espelham essa conclusão: enquanto Parceiro Logístico Oficial da Fórmula 1, a DHL transporta até 1.400 toneladas de carga altamente sensível – entre carros, motores, avultadas quantias de combustível, equipamentos de transmissão, materiais de marketing e hospitalidade – para mais de 20 corridas em cinco continentes durante uma temporada de nove meses.

A somar a este desafio por si só complicado juntaram-se as restrições e os requisitos de segurança associados à pandemia de Covid-19, lembrou a DHL, em comunicado, no qual faz o balanço dos desafios superados nesta temporada que agora terminou. «Para ajudar a garantir a segurança do pessoal da DHL, das equipas de corrida da F1 e dos fãs durante a pandemia, a DHL desenvolveu protocolos rigorosos de testagem e desinfecção da zona de carga durante cada entrega», explicou o grupo, que lembrou ainda as «complicações logísticas» trazidas pelo Brexit.

DHL: Brexit trouxe «importantes complicações logísticas»

«O Brexit também trouxe consigo importantes complicações logísticas, uma vez que a maioria das equipas tem sede no Reino Unido. Aqui, os peritos da DHL Motorsports intervieram para lidar com os novos requisitos do Carnet ATA, o que permitiu às equipas transportar o equipamento para dentro e para fora da UE sem pagar impostos e taxas», pode ler-se no comunicado. Recorde-se que o Grande Prémio de Abu Dhabi colocou o ponto final a um calendário sem precedentes de 22 corridas, que incluía quatro jornadas duplas (corridas em dois fins de semana consecutivos) e duas triplas.

Com quase 40 anos de experiência na gestão da logística para a Fórmula 1, a DHL foca-se actualmente em ajudar a competição a reduzir a sua pegada carbónica e o seu impacto ambiental a nível global. Para tal, a DHL revelou que está a equipar toda a sua frota de camiões dedicada à F1 com um GPS para monitorizar o consumo de combustível, seleccionar as rotas mais sustentáveis e reduzir as emissões de CO2. Outras medidas incluem o uso de novos aviões Boeing 777 da DHL – consomem menos combustível e reduzem as emissões de carbono em 18% comparativamente aos aviões tradicionais – e o aproveitamento de soluções de transporte multimodal, envolvendo o transporte terrestre e marítimo.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com