DHL Freight conduz primeiro camião a GNL com mega-reboque na Alemanha

Terrestre, Veículos Comentários fechados em DHL Freight conduz primeiro camião a GNL com mega-reboque na Alemanha 504
Tempo de Leitura: 2 minutos

A DHL Freight, referência no fornecimento de serviços de frete rodoviária na Europa, lançou nas estradas um dos primeiros camiões de percurso de longa distância (Iveco Stralis) movido a GNL, capaz de integrar um mega-reboque. Durante um ano (de testes), o camião fará a ligação diária entre o centro logístico da DHL e uma fábrica da BMW no Sul da Alemanha.

Munido de uma maior altura (para acomodar mais carga) e de maior eficiência de combustível, os mega-reboques ganham, no contexto do no transporte rodoviário, particular importância para a indústria automóvel, sendo o Grupo BMW «o parceiro ideal para os testes, na Alemanha», informou a DHL Freight – recorde-se que a DHL renovou a ligação logística ao grupo alemão, gerindo a cadeia de abastecimento da construtora em sete áreas adicionais.

Combinação é «sustentável e promissora para a logística automotiva»

«A combinação do camião de GNL com mega-reboque é uma solução sustentável e promissora para a logística automotiva. Somos capazes de atender às necessidades de transporte do cliente da melhor maneira possível, reduzindo significativamente as emissões de gases de efeito estufa ao longo da cadeia de fornecimento. A comprovada redução de emissões prejudiciais – fruto do uso de GNL – ajuda a tornar o transporte rodoviário de longa distância mais sustentável», comentou Uwe Brinks, CEO da DHL Freight.

A empresa anunciou que, pela primeira vez, um camião movido a gás natural pode ser combinado com um mega-reboque, um feito que anteriormente não era possível devido ao design do tanque. Uma altura de carga interna de três metros torna este equipamento uma solução preferida no sector automotivo, pois oferece não apenas mais capacidade de carga, mas também a possibilidade de carregar peças de reposição maiores.

Com base na meta do Deutsche Post DHL Group (de reduzir todas as emissões relacionadas à logística para zero líquido até 2050), a DHL Freight frisou novamente que se encontra a investir cada vez mais em unidades alternativas para transporte de curta e longa distância.

 

 

 

Author

Back to Top

© 2019 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com