Dia do Transitário é hoje: um dia de «networking interno» centrado na essência do transitário

Logística Comentários fechados em Dia do Transitário é hoje: um dia de «networking interno» centrado na essência do transitário 460
Tempo de Leitura: 2 minutos

O Dia do Transitário realiza-se hoje, na cidade do Porto, e a Revista Cargo teve a oportunidade de chegar à fala como o novo presidente executivo da APAT, António Nabo Martins, para levantar o véu sobre o evento que reunirá cerca de 250 associados em torno das temáticas que mais desafiam o actual universo dos transitários.

Dia do Transitário: um dia de «networking interno» centrado na essência do transitário

«O Dia do Transitário é uma ideia da APAT, é um dia dedicado à classe, e, nessa perspectiva, pretende-se que, entre nós, possam ser discutidos os assuntos do quotidiano, que afectam todos. Num universo de perto de 250 associados, é difícil que todos consigam trocar impressões – assim estamos perante um dia de excelência no que à troca de impressões diz respeito. Todas poderão relatar as suas experiências, os problemas com que se deparam e as soluções que vão encontrando», afirmou o especialista ferroviário à nossa publicação.

«Acaba por ser um dia de networking interno», descreveu. «Entendemos que era importante enfatizar o que o transitário é: um elemento capaz de estar em todos os pontos da cadeia do transporte, sendo ele que escolhe, faz, gere, e, na prática, regula e oficializa o transporte do seu cliente – nessa medida, achámos por bem fazer um evento atractivo», com capacidade aglutinadora mas sem formalismos extenuantes, explicou ainda.

Nomes ilustres para abrilhantar o evento de hoje não faltarão, garante António Nabo Martins

O evento, adiantou António Nabo Martins, contará com a presença do Global Chief Officer da TAP, Miguel Paiva Gomes, Hermano Sousa, do Grupo Altri, «com duas responsabilidades, de plasmar a visão do importador e ao mesmo tempo do exportador, pois trata-se de um grupo que, acima de tudo é carregador, mas que importa (matéria-prima) exporta (produto acabado)», comentou. Mas a lista não se fica por aqui.

O Dia do Transitário terá também a participação do engenheiro Pires da Fonseca, «que já passou pela CP, esteve na génese da Takargo e neste momento é director-geral da Rio Tinto Mining e anda a desenvolver o corredores ferroviários da empresa em Moçambique». Para dissertar sobre os smart ports e a busca pela eficiência da cadeia o evento contará com a sapiência de Pedro Galveia. Álvaro Costa completará o leque, «um técnico dotado de uma visão global da cadeia de transportes e da cadeia logística em Portugal», adiantou.

Evento visa «fomentar o diálogo»

«Com isto tudo, a ideia é fomentar o diálogo, a participação, tentar que as pessoas coloquem as questões que considerem mais prementes, tentar que o evento seja interactivo e que responda a muitas dúvidas que hoje são colocadas e que provavelmente nem sempre têm resposta coerente e eficaz», finalizou o novo presidente executivo da APAT.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com