Rhenus Logistics Navios

Diogo Vaz Marecos (Yilport): Há que «reorganizar meios» para mitigar «risco de inflação»

Logística, Marítimo Comentários fechados em Diogo Vaz Marecos (Yilport): Há que «reorganizar meios» para mitigar «risco de inflação» 323
Tempo de Leitura: 1 minutos

No rescaldo do último Congresso da Associação de Transitários de Portugal (APAT), Diogo Vaz Marecos, administrador da Yilport em Portugal, analisou a situação económica actual, à boleia da reflexão do impacto que as variáveis do universo logístico têm no comércio global e no preço final dos produtos. O responsável da Yilport diz que é preciso «reorganizar meios» para evitar a galopante subida de preços.

Diogo Vaz Marecos: Crise vai-se «reflectir na aquisição de produtos essenciais»

«Neste momento há um risco de inflação, os EUA já o estão a sentir; na Europa temos recebido a informação de que o Banco Central Europeu está disposto a combatê-la, obviamente utilizando os meios que tem ao seu dispor e isto vai-se reflectir na aquisição de produtos essenciais, como o pão ou o leite. Basta olhar para o caso português: o leite é, por exemplo, produzido nos Açores e tem de chegar ao continente, vem por meio marítimo, e, havendo aumento dos fretes e de toda a cadeia, tudo isso terá consequência no custo final», explicou Diogo Vaz Marecos.

«O que devemos todos fazer é procurar reorganizar os meios para evitar este cenário que ninguém quer ter. Obviamente que, se há um encarecimento demasiado elevado dos produtos, há um menor consumo e acabamos por entrar numa escalada que todos nós, enquanto cidadãos, não pretendemos», prosseguiu o regional manager da empresa turca em Portugal, em declarações prestadas ao semanário ‘Expresso’. Recorde-se que a Yilport detém um peso significativo no sistema portuário nacional, marcando presença nos portos de Leixões, Setúbal, Figueira da Foz, Lisboa e Aveiro.

Author

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com