Mário Ruivo navio ENIDH IPMA

Diplomados da ENIDH estagiam em navio de investigação ‘Mário Ruivo’, do IPMA

Marítimo Comentários fechados em Diplomados da ENIDH estagiam em navio de investigação ‘Mário Ruivo’, do IPMA 394
Tempo de Leitura: 2 minutos

Trata-se de mais uma cooperação – firmada pela escola náutica – em pleno funcionamento: os diplomados da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH) encontram-se a estagiar no navio de investigação ‘Mário Ruivo’, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

ENIDH e IPMA firmaram acordo em Março passado

O protocolo entre a ENIDH e o IPMA, recorde-se, foi firmado em Março passado e traduz-se de forma prática na recepção de praticantes da Escola náutica a bordo do Navio de Investigação do IPMA e conta com a supervisão da tripulação do navio. Estes tripulantes, explicou o IPMA, através de uma nota, «constituem novos elementos da comunidade da economia azul e demonstram outras facetas do navio ‘Mario Ruivo’ na formação em contexto de trabalho dos alunos que escolhem a ENIDH para manter bem viva a tradição dos marítimos portugueses».

‘Mário Ruivo’ acolhe campanha de sismologia marinha

ENIDH IPMAO protocolo – um de muitos que a escola náutica tem assinado com o intuito de fornecer saídas profissionais, experiências práticas de evolução laboral e desafios adaptados às necessidades do sector marítimo – tem por objectivo promover actividades de cooperação que reforcem interesses mútuos, nomeadamente, na realização de acções de formação profissional, estágios de estudantes e diplomados, conferências, colóquios e seminários. A parceria – noticiada aqui pela Revista Cargo – foi oficializada no dia 29 de Março: o documento foi assinado pelo presidente da ENIDH, Luís Baptista, e pelo presidente do IPMA, Miguel Miranda. Uma sinergia que, apesar de já existir, ganhou, assim, novo fôlego.

Actualmente, e até meados deste mês de Agosto, decorre a bordo do navio de investigação ‘Mário Ruivo’ a campanha de sismologia marinha ‘UpFlow’, liderada pela investigadora Ana Ferreira do University College London (UCL), num financiamento do European Research Council (ERC) de cerca de 2,8 milhões de euros, e que resulta de uma parceria entre a UCL e o IPMA. «No âmbito da sua missão enquanto laboratório de Estado para os domínios do Mar e da Atmosfera, o IPMA empenha-se na promoção de parcerias e ações de partilha de conhecimento com universidades nacionais e internacionais, centros de investigação e entidade públicas ou privadas, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento económico e social, assim como para a segurança colectiva», vincou o IPMA, através de um comunicado.

Back to Top

© 2020 Magia Azul, all rights reserved.
Partilhar
Partilhar
pt Português
X
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com